Tipos de acasalamento de peixes dourados

Escrito por emma rensch | Traduzido por cleuzeni torres
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de acasalamento de peixes dourados
Peixes dourados são peixes surpreendentemente complexos (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Peixes dourados exibem padrões de acasalamento relativamente uniformes em variados habitats. O acasalamento do peixinho é chamado de desova e é diferente dos padrões de acasalamento dos outros animais, pois requer pouco contato entre os peixes, e os machos fertilizam os ovos postos pelas fêmeas depois que eles estão fora de seu corpo. A piracema é o início e o fim da paternidade para o peixe dourado.

Outras pessoas estão lendo

Cronograma

Os peixes dourados atingem sua maturidade reprodutiva em cerca de dois anos de vida. Eles geralmente se reproduzem no verão, quando o alimento é abundante para a nova prole, que eclode cerca de cinco dias após os ovos serem fertilizados na água com temperatura entre 18º C e 20º C.

Comportamento

Durante a época de reprodução, as fêmeas se alimentam principalmente de vermes, tais como larvas e filhotes de camarão, dando a seus corpos mais energia e proteína para produzir ovos. A cada estação, um único par de peixes dourados irá produzir e fertilizar mais de mil ovos. Muitos desses ovos e peixes jovens serão mortos por predadores, mantendo as populações de predadores e presas saudáveis e equilibradas.

Pronto para o acasalamento

Você pode dizer se uma fêmea está pronta para reproduzir quando ela se torna redonda à medida que os ovos começam a se desenvolver dentro dela. Os machos que estão prontos para a desova desenvolvem pequenas protuberâncias em suas guelras e barbatanas chamadas de "tubérculos nupciais". A presença de sêmen indica a maturidade reprodutiva. Você também pode dizer quando dois peixinhos dourados estão prontos para acasalar quando as cores de suas escamas se tornam vibrantes.

Locais

Locais como lagos ou córregos são ideais para a desova, com plantas subaquáticas e outras formas de forragem onde os ovos podem ser abrigados. Esses ovos fixam-se a qualquer coisa em que encostem e por isso necessitam dessas plantas, ou até mesmo de rochas, para proteção contra correntes mais fortes e predadores.

Desova

Peixes dourados desovam, normalmente, no início da manhã, uma vez que os peixes são mais ativos nas primeiras horas do dia, pouco antes do nascer do sol, e o processo de desova exige uma grande quantidade de energia. Se o peixe dourado fosse desovar no final do dia, o processo não seria tão eficiente. Para o acasalamento, os peixes começam a nadar juntos em pequenos grupos, com os machos perseguindo as fêmeas. Eventualmente, cada solteiro do sexo masculino persegue um peixe do sexo feminino agressivamente, empurrando-a contra as rochas e plantas debaixo d'água. Finalmente, a fêmea libera os ovos não fertilizados. Alguns ovos irão parar no fundo do córrego ou lagoa, enquanto outros irão grudar no material vegetal e nas pedras. O macho ejeta um fluxo de esperma, que fertiliza os ovos, e eles ficam no local até que choquem, que dura por volta de 10 dias. Até lá, a fêmea estará gerando novos ovos para o processo se repetir.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível