Tipos de anéis maçônicos

Escrito por todd c. ruzicka | Traduzido por maria macedo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A maçonaria é uma sociedade secreta envolta em tradição esotérica que apresenta muitos rituais, sinais e símbolos. O anel maçônico é um dos ornamentos da maçonaria que apresenta esses sinais, mas usá-lo requer certa etiqueta. O que se segue é uma descrição do significado por trás desses anéis e as regras de como usá-los.

Outras pessoas estão lendo

Significado do anel

O anel maçônico simboliza vários conceitos para um maçom. A natureza circular do anel demonstra a "eternidade do círculo." Essa natureza "eterna" representa a ligação de um maçom com os seus irmãos da maçonaria, da mesma forma que um anel de casamento mostra a ligação de uma pessoa à outra.

O anel é também um símbolo visual para o mundo a respeito da dedicação à fraternidade, assim como sua autenticidade — um conceito que maçons descrevem como "cabo de reboque", algo que liga a pessoa à maçonaria eternamente.

História do sinete

Pessoas de várias culturas, incluindo pontífices, têm usados anéis de sinete ao longo da história. Sinete significa "sinal", e anéis com sinete costumavam ser desenhados para mostrar a autenticidade do usuário. Anéis de papas são grandes e dourados e são chamados de "Anel do Pescador". Outras figuras históricas que usaram anéis de sinete foram Júlio César, César Augusto, Nero e Michelangelo.

Sinete maçônico

O anel maçônico é primeiramente feito sem nenhuma ornamentação em sua face, e apenas depois o símbolo de preferência do usuário é gravado sobre ele. Este é usualmente a "régua e compasso" maçônicos, o simbolo universal da maçonaria, mas o anel também pode ter a letra G no meio, que simboliza a palavra GADU, um acrônimo para "grande arquiteto do universo". O anel terá estes símbolos gravados em sua superfície.

Outros anéis maçônicos

Outros anéis maçônicos de sinete são os Cavaleiros Templários, o Rito Escocês e o Santuário. O anel de Cavaleiro Templário apresenta uma uma cruz simétrica no centro. Este anel mostra a linhagem dos cavaleiros templários, que protegeram os cruzados cristãos em sua peregrinação à Terra Santa. O anel do Ritual Escocês é peça plana de ouro com um triângulo equilátero encerrando a letra hebraica Yud, a inicial de uma divindade. O interior exibe "Aqueles que a honra uni, a morte não separa". O anel Santuário exibe uma espada e uma lua crescente. Assim como existem variações dentro da maçonaria, existem muitos tipos de anéis, que incluem a Loja Maçônica Azul, Estrela do Oriente e outras ramificações.

Regras e etiqueta

Existem certas regras e etiquetas cerimoniais envolvendo o uso de anéis maçônicos. A primeira diz que apenas um mestre maçônico pode usar uma anel. O anel geralmente é usado no terceiro dedo da mão direita e, a não ser que o mestre maçônico seja membro de mais de um ramo ou loja, é considerado impróprio o uso de mais de um anel maçom.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível