Tipos de microscópios usados em ciências da vida

Escrito por steve johnson | Traduzido por beatriz de almeida quintão
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de microscópios usados em ciências da vida
A maioria dos alunos tem a oportunidade de observar através de um microscópio de luz composta (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Quando as pessoas olham em volta usando o seu sensor de percepção visual, muitos se sentem como se estivessem vendo objetos em sua forma real. Os objetos guardam um segredo; nomeadamente sob a forma de uma realidade oculta, existindo em uma escala muito menor - de uma escala que é visível somente através da tecnologia de um microscópio. Alguns tipos de microscópios são relativamente simples, ampliando os objetos através de lentes, enquanto outros oferecem estruturas mais complexas.

Outras pessoas estão lendo

Microscópios compostos

O microscópio mais comum - é um frequentemente encontrado em salas de aula - é o microscópio de luz composto. Estes microscópios usam múltiplas lentes de vidro, combinadas com luz, para ver as imagens. Os objetos geralmente precisam ser colocados dentro de um slide antes da visualização. Os melhores microscópios de luz compostos têm um limite de cerca de 2000X ampliação sem perder resolução do objeto. Eles são geralmente usados para visualizar plantas e animais, bem como as células bacterianas.

Microscopia confocal

Geralmente mais caros do que os microscópios compostos, a microscopia confocal não usa um padrão de luz visual para exibir objetos, em vez disso, a microscopia confocal dispara lasers para obter uma compreensão estrutural de objetos microscópicos. O microscópio se conecta a um computador, que proporciona uma imagem 3-D - em oposição ao modelo visual 2-D fornecido por compostos microscópios de luz.

Estereoscópio

Entre um microscópio composto e um confocal está um estereoscópio. Como os microscópios compostos, estereoscópios utilizam a entrada visual combinado com luz, no entanto, semelhante ao de um microscópio confocal, eles também produzem uma versão 3-D da espécime do microscópico - embora em menor grau. Os estereoscópios contem dois oculares para o espectador, permitindo que os dois olhos funcionem em uníssono, da mesma maneira que a visão normal produz imagens tridimensionais.

Microscópios eletrônicos

É uma coisa para se ver uma célula ou parede bacteriana, mas há muito mais escondido sob a superfície desses objetos. Para ver os verdadeiros funcionamentos internos do mundo, você precisa mergulhar mais fundo - para o mundo de elétrons. Isto torna-se muito mais difícil, pois a maioria dos microscópios não tem nem de longe o suficiente para poder ver o mundo neste tipo de detalhe. Microscópios muito caros - conhecido como microscópios eletrônicos - permitem às pessoas ver espécies até 2 milhões de vezes maior. Um tipo de microscópio eletrônico é o microscópio eletrônico de varredura (MEV), que cria imagens 3-D em preto e branco.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível