Saúde

Tratamento para Ascaris lumbricoides

Escrito por tina m. st. john, m.d. | Traduzido por noeli p. rubio
Tratamento para  Ascaris lumbricoides

A ascaridíase é prevalente em zonas pobres, com condições sanitária deficientes

povertà e deserto image by SBphotographer from Fotolia.com

O Ascaris lumbricoides é um parasita tipo lombriga redondo ou nematóide que pode infectar o intestino delgado. Ascaridíase é a infecção humana por lombrigas mais comum em todo o mundo, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças. Entre a população dos Estados Unidos, a ascaridíase é pouco comum. As infecções podem ocorrer, contudo, durante viagens a zonas do mundo com uma alta prevalência do parasita, como África subsaariana, Ásia oriental, China e partes da América Central e do Sul. Os medicamentos antiparasitários orais são o tratamento para as infecções.

Outras pessoas estão lendo

Albendazol

O albendazol é uma droga antiparasitária com atividade contra Ascaris lumbricoides e contra uma variedade de outras verminoses. O medicamento interfere na absorção de açúcar da lombriga, levando à inanição e à morte do parasita. Para o tratamento de ascaridíase, o fabricante recomenda apenas uma dose de 400 mg, ingerida com comida. A dose é a mesma para crianças e adultos, embora a Organização Mundial da Saúde não recomende o uso deste medicamento em crianças menores de 1 ano de idade. Os possíveis efeitos colaterais incluem dor de cabeça, náuseas, vômitos e dor abdominal. Em um artigo publicado em abril de 2008 no "Journal of the American Medical Association", Jennifer Keiser, Ph.D., e Jürg Utzinger, Ph.D., relataram uma taxa de cura de 88% com uma única dose de albendazol para ascaridíase.

Mebendazol

O mebendazol é quimicamente similar ao albendazol, com o mesmo mecanismo de ação contra Ascaris lumbricoides. O mebendazol também tem atividade contra uma variedade de outras lombrigas humanas. A dose recomendada pelo fabricante no tratamento da ascaridíase é de 100 mg por via oral, com comida, pela manhã e pela noite, durante três dias. A dose é a mesma para crianças e adultos, embora a informação na bula recalçe a consideração dos riscos e benefícios na administração do medicamento em crianças menores de 2 anos. Os efeitos colaterais do mebendazol são similares aos do albendazol. Os resultados do tratamento recomendado resultam em 98% de cura para ascaridíase, de acordo com a informação aprovada pela instituição FDA. Nos países em desenvolvimento, uma única dose de 500 mg por via oral de mebendazol geralmente é utilizada para o tratamento. Keiser e Ultzinger informaram que este tratamento cura ascaridíase em aproximadamente 95% dos casos.

Pirantel

O pirantel é outra opção para o tratamento da infecção por Ascaris lumbricoides. A droga paralisa a lombriga, impedindo-a de unir-se à parede intestinal, deixando-a flutuando na luz intestinal. Por fim, ela é eliminada pela matéria fecal. A dose recomendada de pirantel para o tratamento de ascaridíase é uma dose única de 10 mg por kg de peso corporal, administrada com ou sem alimentos. Os possíveis efeitos colaterais incluem cãibras abdominais, diarreia, náuseas, vômitos, diminuição do apetite e dor de cabeça. Keiser e Utzinger informaram uma taxa de cura de 88% com uma única dose de piratel para o tratamento de infecção por Ascaris lumbricoides.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media