Tratamento para Gardnerella vaginalis

Escrito por brad mchargue | Traduzido por amanda nunes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento para Gardnerella vaginalis
Gardenerella vaginalis é uma das muitas causas da vaginose bacteriana (Duncan Smith/Photodisc/Getty Images)

Gardenerella vaginalis é uma das muitas causas de vaginose bacteriana, causada por uma produção aumentada da bactéria naturalmente ocorrente, G. vaginalis. Presume-se que seja uma doença sexualmente transmitida e é sempre encontrada em conjunto com uma variedade de outras bactérias anaeróbias. Embora desconfortável e embaraçoso, é facilmente tratada através de uma seleção de medicamentos antiprotozoários, também através de cuidados caseiros para aliviar a dor e o mau-cheiro.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

O sintoma mais comum de Gardnerella vaginalis é um corrimento com cheiro de peixe podre. O corrimento é tipicamente cinza ou amarelo. Embora incomum, a irritação da vagina e da vulva, como também coceira, pode ocorrer. Outros sintomas podem incluir dor durante o sexo e ao urinar, e sangramento ocasional.

Os sintomas podem variar dependendo do tipo de vaginite. A cor e a consistência do corrimento vaginal pode ajudar com o diagnóstico, uma vez que são tipicamente diferentes. Uma infecção de leveduras pode ter um corrimento que se assemelha a requeijão, enquanto que uma infecção parasitária pode apresentar um corrimento verde-amarelado com uma consistência espumosa.

Medicamentos

A cepa de Gardnerella da vaginose bacteriana é mais comumente tratada com uma dose oral de 500mg de metronidazol, ingerido duas vezes por dia, durante seis dias. Possíveis efeitos colaterais incluem sintomas parecidos com os da gripe, tais como náusea, vômitos e fatiga, como também torpor e formigamento nas mãos e pés. Também pode reagir com outras drogas, como varfarin, e portanto você deve dizer ao seu médico sobre qualquer medicação que você toma atualmente.

Outro medicamento, cefadrina, pode ser ingerido quatro vezes por dia, durante seis dias, embora só tenha um efeito na bactéria Gardnerella e não em nenhuma bactéria anaeróbia associada.

Outros medicamentos usados para tratar vaginose bacteriana, em geral, incluem clindamicin e tinidazol, o último foi aprovado pela "Food and Drug Administration" (Administração de comida e drogas), em maio de 2007, para o tratamento específico de vaginose bacteriana. Qualquer medicamento para alguma variação de vaginose bacteriana deve ser ingerido em sua totalidade, mesmo se os sintomas desaparecerem em um dia ou dois.

Tratamento do estilo de vida

Alguns medicamentos caseiros como lavar com água gelada podem ajudar a aliviar a irritação, embora isso deva ser feito muito esporadicamente, uma vez que uma lavagem excessiva pode, na verdade, aumentar a irritação. Adicionalmente, mergulhar em um banho frio ou aplicar compressas de gelo na vagina pode ajudar a aliviar a dor, irritação e inflamação.

Esses são tipicamente mais efetivos para o tratamento de uma infecção por levedura, embora não há razão para pensar que eles não irão ajudar a aliviar sintomas desconfortáveis, ou pelo menos temporários.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível