Tratamento de iodo radioativo para gatos

Escrito por bethney foster | Traduzido por dimitrios meimaridis
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento de iodo radioativo para gatos
O tratamento com iodo radioativo é uma das formas de combater o hipertireoidismo em gatos

O iodo radioativo é um dos três tratamentos para hipertireoidismo em gatos. Essa doença é mais frequentemente causada pela glândula tireoide que acaba produzindo muito dos hormônios triodotironina e tiroxina. Gatos mais velhos estão mais propensos ​​para a doença, e pode existir uma ligação entre a doença e os gatos que comem comida enlatada. Os sintomas incluem a perda de peso, queda de pelos, dores de estômago e nervosismo ou hiperatividade. O diagnóstico geralmente inclui uma revisão do histórico médico, exame físico e testes em laboratórios.

Outras pessoas estão lendo

Tratamento

O iodo radioativo é dado aos gatos através de uma injeção sob a pele. O iodo radioativo é absorvido pela corrente sanguínea do animal e o tecido tireoidiano doente. Na tireoide, ele causa uma paralisação na parte da glândula que está funcionando inadequadamente.

Vantagens

O tratamento com iodo radioativo não necessita que o gato seja anestesiado e nenhuma medicação diária é necessária após a terapia. O tratamento geralmente retorna a tireoide ao normal dentro de um mês.

Desvantagens

A lei exige que os gatos tratados com iodo radioativo fiquem internados em isolamento até a sua radioatividade cair para um certo nível. Isso geralmente leva entre três e 10 dias.

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais do tratamento com iodo radioativo são poucos e raros. Alguns gatos desenvolvem hipotireoidismo temporário ou permanente, que é então controlado pela suplementação. Em cerca de 2% a 3% dos gatos tratados, uma única injeção pode não curar a doença, sendo assim, é necessário um segundo tratamento.

Cuidados domésticos

Depois que o gato é liberado do hospital, você deve seguir algumas precauções por um período de dez dias a três semanas. Esses incluem manter o gato dentro de casa, usar luvas descartáveis ​​quando trocar a caixa de areia, descartar o lixo diariamente em um saco plástico , não permitir que as crianças entrem em contato com o gato, não deixar o gato dormir com as pessoas, lavar as mãos após manusear o animal, suas tigelas de alimentos ou a caixa de areia. Seu veterinário irá verificar novamente o nível de hormônio da tireoide do seu gato e os valores sanguíneos renais três semanas após o tratamento com iodo radioativo.

Outras opções

O hipertireoidismo também é tratado com metimazol, que é administrado diariamente por toda a vida do gato. O medicamento não cura a doença, mas reduz a produção e liberação do hormônio da tireoide. Esse remédio pode causar efeitos secundários em alguns gatos, incluindo vômitos, anorexia, febre, anemia e letargia.

A cirurgia é também por vezes realizada para tratar a doença. A cirurgia é geralmente uma cura permanente. O maior fator de risco para a cirurgia é a possibilidade de danificar as glândulas paratireoides, que estão perto ou dentro da glândula tireoide e são necessárias para manter os níveis ​​de cálcio estáveis no sangue.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível