Tratamento de líquen escleroso

Escrito por constance barker | Traduzido por antônio melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento de líquen escleroso
O líquen escleroso é uma condição cutânea rara que produz uma pele branca irregular (Photodisc/Photodisc/Getty Images)

O líquen escleroso é uma condição cutânea rara que produz uma pele branca irregular. Esta pele é mais fina do que o normal e pode aparecer em qualquer parte do corpo, mas normalmente afeta a área genital. Mulheres na pós-menopausa e crianças que ainda não atingiram a puberdade são as mais comumente atingidas.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

Às vezes não há sintomas, mas aqueles que podem ocorrer incluem comichão, pequenas manchas brancas na pele que crescem para manchas brancas enrugadas, hematomas e sensibilidade nas áreas afetadas. Em casos graves de líquen escleroso, aqueles que são atingidos podem sofrer bolhas e ulcerações hemorrágicas. A dor durante a relação sexual também pode ser evidente.

Diagnóstico

Os médicos podem diagnosticar normalmente o líquen escleroso examinando-o. Para ter certeza, o médico recolherá uma amostra do tecido e irá examiná-lo sob um microscópio. Desta maneira, o médico será capaz de determinar se um paciente tem ou não esta condição da pele.

Tratamentos

As manchas de líquen escleroso nos braços ou parte superior do seu corpo podem não precisar de tratamento, e geralmente sairão por conta própria. As manchas na sua área genital podem ferir e levar a dor ao urinar ou ao fazer sexo. Os cremes de cortisona fortes e pomadas são aplicados a cada dia durante várias semanas. Isso ajuda a combater a condição da pele e a reduzir a coceira. O creme é então usado várias vezes por semana, durante um período prolongado de tempo para impedir que a doença volte. Verifique com seu médico sobre o período de utilização dos cremes de cortisona, assim como eles podem promover o afinamento da pele. Quando eles não funcionam, receitas de medicamentos hormonais podem ser prescritas. Os retinoides e cremes tacrolimos também podem ser administrados. Embora seja raro, os homens às vezes contraem o líquen escleroso no prepúcio do pênis. A cirurgia para remover o prepúcio, ou circuncisão, é o tratamento escolhido, e normalmente, a doença não volta.

Riscos

O líquen escleroso não é creditado como causa de câncer de pele, mas a pele marcada pela doença está mais apta a desenvolver essa condição. É importante consultar o seu médico regularmente para que ele possa manter o controle de sua doença e sob as alterações na aparência da pele afetada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível