Tratamento para pólipos nasais

Escrito por shannon crawford | Traduzido por larissa frança
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento para pólipos nasais
Tratamento dos pólipos nasais (Woordenaar:flickr.com)

Os pólipos nasais são mais frequentes em pessoas que sofrem de inflamação crônica das passagens e seios nasais. Indivíduos inclinados a alergias ou sinusites desenvolvem pólipos com mais frequência. De acordo com a Mayo Clinic, a idade e a genética também contribuem para o desenvolvimento dessa afecção. Embora não se saiba a causa direta dos pólipos nasais, há vários tratamentos disponíveis para reduzir os seus sintomas.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

Pólipos nasais são pequenos tumores que se formam no revestimento das passagens nasais. Como não são cancerígenos, esses pólipos frequentemente são negligenciados. Os que crescem demais podem causar problemas de respiração, infecções nos seios nasais e perda do olfato. Os pólipos nasais são comuns em portadores de cisto fibrótico e em adultos com asma, infecções sinusiais recorrentes e alergias.

Diagnóstico

Para diagnosticar os pólipos, os médicos examinam as passagens nasais do paciente. Uma massa cinzenta em formato de lágrima pode indicar a existência dessa afecção. Pode haver mais de um pólipo na cavidade nasal. Os sintomas mais comuns são congestão nasal ou sinusial, coriza, perda do paladar e olfato e gotejamento pós-nasal. Além disso, respirar frequentemente pela boca pode indicar a presença de pólipos nasais.

Tratamento cirúrgico

O tratamento cirúrgico mais comum para os pólipos nasais é a remoção. Entretanto, há o perigo de recidiva se fatores subjacentes não são descobertos e tratados. Normalmente só se recorre à cirurgia quando tratamentos não-cirúrgicos fracassaram. A remoção cirúrgica é ambulatorial, com recuperação completa em aproximadamente duas ou três semanas. A respiração frequentemente torna-se mais fácil após a remoção do pólipo nasal.

Tratamento não-cirúrgico

O tratamento não-cirúrgico consiste na prescrição de cortisona ou esteroides na forma de spray nasal para reduzir o inchaço do pólipo. Se essa abordagem se mostrar ineficaz, corticoesteroides orais podem ser prescritos. Medicamentos antialérgicos podem também ajudar a reduzir os sintomas e o inchaço dos pólipos nasais. Dada a frequência de recidiva, muitos desses tratamentos são aplicados após a cirurgia.

Considerações

Pode ocorrer apneia do sono se o pólipo estiver obstruindo as vias aéreas. As infecções frequentes dos seios nasais devido ao bloqueamento das passagens podem permitir que outras infecções se agravem, dada a sobrecarga sobre o sistema imunológico. As abordagens naturais, tais como o uso de irrigação salina com pote neti, podem reduzir o inchaço temporariamente e aliviar os sintomas, entretanto não são soluções permanentes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível