Tratamentos para labirintite

Escrito por brad mchargue | Traduzido por tamara prado
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamentos para labirintite
Tratamentos para a labirintite (ear image by Connfetti from Fotolia.com)

Labirintite é uma inflamação e inchaço do ouvido interno, geralmente causada por uma infecção bacteriana ou viral. Além disso, pode ser causada por alergias, infecções respiratórias ou lesão na cabeça. Quando os canais cheios de líquido (labirintos) do ouvido interno ficam inflamados, suas funções básicas, tais como equilíbrio, são afetadas. Isto também é chamado de síndrome de Ménière. Existem vários tratamentos, incluindo os destinados a combater a infecção bem como aqueles utilizados para controlar os sintomas.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas e exames

Os sintomas de labirintite incluem tontura, náuseas, vômitos, zumbido, perda de audição, perda de equilíbrio e vertigem.

Os exames para a avaliação da labirintite frequentemente começam com um teste físico e neurológico. Mesmo que a doença normalmente seja diagnosticada através destes exames, uma série de outros testes podem ser realizados para determinar se existe uma causa subjacente ou se os sintomas sugerem uma doença mais grave. Esses testes podem incluir um exame de ressonância magnética ou tomografia computadorizada da cabeça, testes auditivos, um exame de ondas cerebrais chamado de eletroencefalograma (EEG) ou um teste para rastrear os movimentos dos olhos chamado de um eletronistagmografia (ENG).

Tratamento

Pela fato de a labirintite geralmente ter resolução espontânea, o primeiro passo para o tratamento da doença é a monitorização cuidadosa dos sintomas. Caso os exames indiquem uma infecção (bacteriana ou viral), antibióticos, como a amoxicilina, e drogas antivirais, como o aciclovir, podem ser prescritas para tratá-la, especialmente se o paciente desenvolveu uma infecção do ouvido médio. Além disso, o tratamento geralmente envolve controlar os sintomas através de uma variedade de medicamentos e técnicas caseiras.

Medicamentos antiinflamatórios como os corticosteróides (prednisona) ajudarão a tratar inchaço e inflamação; o compazine manterá vômitos e náuseas sob controle, e a meclizina e escopolamina podem ajudar a aliviar a tontura. Se a condição é causada por alergias, anti-histamínicos podem ser recomendados. Sedativos como o Valium também podem ser prescritos.

Tratamento caseiro

Além dos muitos medicamentos destinados a tratar os sintomas associados à labirintite, os pacientes podem seguir várias medidas para limitar o impacto dos problemas. Essas medidas incluem simplesmente diminuir as atividades diárias e limitar o movimento da cabeça. Evitar luzes brilhantes e tudo o que exige esforço desnecessário dos olhos, tais como a leitura, pode trazer benefícios também.

Cirurgia e terapia vestibular

Embora seja realizada apenas em casos extremos, o médico pode recomendar uma cirurgia para corrigir o problema. Estas geralmente envolvem a drenagem de fluido dos canais, a remoção de ossos ou o corte dos nervos.

Se o equilíbrio é gravemente afetado pela labirintite, uma forma de exercício-terapia chamado terapia de reabilitação vestibular e do equilíbrio pode ser recomendada. Submetendo-se à terapia, os pacientes podem recuperar lentamente o senso de equilíbrio, diminuir a ocorrência de tonturas e ajudar a prevenir danos causados ​​por uma perda de equilíbrio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível