Saúde

Tratamentos e pomadas para a herpes-zóster

Escrito por luanne kelchner | Traduzido por ágata erhart
Tratamentos e pomadas para a herpes-zóster

Apenas quem já teve catapora na infância pode contrair a herpes-zóster

Digital Vision./Digital Vision/Getty Images

A herpes-zóster (conhecida também como cobreiro), causada pelo vírus Varicella zoster, apresenta erupções cutâneas doloridas que podem ocorrer em qualquer área do corpo. Ela é causada pelo mesmo vírus responsável pela varicela. Quando a herpes-zóster é reativada no corpo, é preciso fazer um tratamento que ajude a diminuir a dor e o desconforto.

Medicações antivirais

Apesar de o cobreiro desaparecer sozinho depois de algumas semanas, para alguns pacientes a dor continua. Essa complicação é a neuralgia pós-herpética. Medicações antivirais tratam a herpes-zóster e previnem a ocorrência dessa doença. Não existe tratamento que erradique completamente a ocorrência dessa condição dolorosa, mas os antivirais podem reduzir a duração do vírus e evitar esse tipo de neuralgia.

Medicações contra dor

Os medicamentos contra dor geralmente são necessários no tratamento da herpes-zóster. As erupções podem ser doloridas e alguns pacientes sentem-nas mesmo quando elas já desapareceram. A pele pode produzir bolhas que estouram e criam crostas, causando uma sensação de queimação ou ardência, juntamente de coceira. Os médicos prescrevem medicações para as feridas quando a dor é severa. Narcóticos como oxicodona é um dos tipos usados para essa doença. Antidepressivos tricíclicos, geralmente usados para desordens relacionadas a humor e depressão, também podem ser indicados para as dores do cobreiro. Descobriu-se que eles são efetivos no tratamento de problemas de dores crônicas, como fibromialgia e da herpes-zóster. A dor dessa virose normalmente é severa, mas casos mais tranquilos podem ser efetivamente administrados com remédios que não precisam de prescrição, como o ibuprofeno e outros analgésicos.

Pomada

Medicamentos tópicos também são utilizados para tratar a dor do cobreiro. A lidocaína, prescrita pelo profissional e aplicada como gel ou creme, pode deixar a área dormente e proporcionar o alívio da coceira e da dor das bolhas. Ela também pode ser aplicada com spray diretamente na região afetada. Medicações sem necessidade de prescrição, como a capsaicina, são indicadas para tratar a dor após a cicatrização das erupções. Compressas de água aplicadas nas bolhas podem ajudar a secá-las mais rápido e agilizar o processo de cura. Aplique-as por períodos de 20 minutos, diversas vezes ao dia. A loção de calamina também diminui as dores. Fique atento às bolhas, caso elas estejam abertas e soltando um fluido, porque a herpes-zóster é muito contagiosa àqueles que ainda não tiverem sido expostos ao vírus da varicela.

Pomadas de ervas

A raiz de alcaçuz existe em pomada de gel que é esfregada sobre áreas dolorosas e ajuda a prevenir a disseminação do vírus. Essa pomada pode ser encontrada em lojas de alimentos saudáveis​​. O óleo de hipericão possui propriedades analgésicas que alivia a dor e coceira das erupções do cobreiro. Esse óleo funciona como um anti-inflamatório, fortalecendo os nervos afetados pelas feridas. No entanto, ele pode irritar as bolhas abertas ou estouradas e não deve ser aplicado diretamente no prurido.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media