Tratamentos e remédios para bursite

Escrito por kandra sperling | Traduzido por aline ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamentos e remédios para bursite
As bursas são pequenos sacos cheios de fluído localizados próximo às articulações e que, quando irritadas pelo ferimento de uma articulação, podem desenvolver bursite (Centers for Disease Control)

A Encarta Enciclopédia de 2009 descreve as bursas como "pequenos sacos cheios de fluído" que estão geralmente localizados próximos às articulações e que "atuam como 'almofadas' para minimizar a fricção quando tendões e músculos passam sobre os ossos". Se você machuca uma articulação, como o joelho, as bursas se irritam e você pode desenvolver bursite. De acordo com a clínica americana Mayo, há mais de 150 bursas em seu corpo. A bursite afeta mais comumente as bursas dos ombros, cotovelos e quadris. No entanto, você também pode desenvolver bursite nos joelhos e na região do tornozelo, no tendão de Aquiles, que conecta o músculo de sua panturrilha com seu calcanhar. A bursite pode impedir o movimento das articulações afetadas, e qualquer pressão ou movimento pode causar dores tremendas.

Outras pessoas estão lendo

Alívio da dor

A dor causada pela bursite aguda aparece de repente e pode ser causada por lesão, artrite, infecção ou movimentos repetitivos e excesso de esforço. Se você está sentindo bursite aguda, a dor pode passar em apenas alguns dias, e o tratamento pode não ser necessário. Se a dor for insuportável, acelere sua recuperação, imobilizando a área com talas esportivas e aplicando gelo por aproximadamente 15 minutos, em intervalos de 4 a 6 horas. O inchaço será reduzido com aspirina, ibuprofeno e naproxeno. Anti-inflamatórios sem esteroides também estão disponíveis para a redução do inchaço e alívio da dor. Entretanto, você deve saber os riscos e benefícios dos tratamentos e medicamentos para a bursite.

Doses de cortisona

A cortisona é injetada diretamente na área afetada para ajudar a aliviar a dor e a inflamação. A cortisona dada por seu médico geralmente inclue um remédio corticosteróide e um anestésico local. Há risco envolvidos. De acordo com a clínica Mayo, doses repetidas de cortisona podem causar a deterioração das cartilagens de suas articulações. No entanto, seu médico pode limitar o número de doses do remédio para 4 ou 5 doses anuais. Outros riscos sérios incluem osteoporose ou desgaste dos ossos da região; osteonecrose ou morte do osso ao redor da área de aplicação das doses; infecção das juntas e danos nos nervos. Após a aplicação, você deve proteger a área da injeção por alguns dias, evitando tensões e pressões. Por exemplo, se a área afetada é seu ombro, prive-se de levantar pesos. Atente-se para vermelhidões ou inchaços, que podem indicar infecção.

Prednisona

A prednisona é outro medicamente corticosteroide. Corticosteróides imitam os efeitos da cortisona e hidrocortisona, hormônios naturalmente produzidos pelas glândulas supra-renais. O medicamento pode ser administrado via oral, tal como um comprimido, cápsula ou xarope, para tratar a inflamação causada pela bursite. Mais provavelmente seu médico vai lhe dar uma injeção de prednisona. Os riscos associados ao uso prolongado do remédio por via oral incluem catarata, taxa elevada de açúcar no sangue, irregularidades menstruais e osteoporose. Outro efeito colateral, de ambas as formas de administração da droga, é o aumento do apetite, seguido do ganho de peso. O uso prolongado de prednisona também provoca o decréscimo de produção de hormônios esteroides naturais pelas glândulas adrenais, e então, quando parar de tomá-la, deverá fazê-lo de forma gradual, ou poderá ter dores no corpo, fadiga e tonturas.

Terapia de aspiração e fisioterapia

A terapia de aspiração envolve injetar uma agulha na bursa afetada e drenar o fluido em uma seringa, para reduzir a inflamação e aliviar a dor. Isto pode causar um inchaço temporário e dor. Seu médico pode recomendar exercícios de alongamento e fortalecimento que você provavelmente poderá fazer em casa, sem a ajuda de um fisioterapeuta. Se sua bursite é severa ou crônica, um terapeuta pode usar o ultrassom (vibrações brandas de ondas sonoras) para aquecer os músculos mais profundos e aumentar a circulação sanguínea na área afetada. Uma corrente elétrica é usada para empurrar uma medicação corticosteróide pela pele diretamente acima da bursa. Massoterapia focada nos tecidos moles é outra alternativa de tratamento.

Cirurgia

A bursectomia é a remoção cirúrgica das bursas inflamadas. De acordo com um relatório de 18 de setembro de 2002, publicado pelo Centro de Ortopedia e Medicina Esportiva de Northfield, Nova Jersey, a bursectomia artroscópica é segura e eficaz. O relatório afirma: "Durante um período de sete anos, 27 pacientes foram submetidos a esse procedimento. Todos os pacientes queixavam-se de dor recorrente na parte lateral do quadril, apesar de terem tomado pelo menos duas injeções localizadas com corticosteróides. O acompanhamento mínimo foi de um ano, e os casos de 22 pacientes foram revistos após cinco anos. Vinte e três dos 27 pacientes tiveram resultados bons ou excelentes imediatamente após o procedimento e não experimentaram complicações. Em um ano, apenas um paciente apresentou recidiva dos sintomas e, em cinco anos, apenas dois pacientes tiveram recorrência. Todos os pacientes, exceto um, ficaram satisfeitos com seus resultados".

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível