Mais
×

Como tratar queimaduras de gelo seco

Atualizado em 21 novembro, 2016

Gelo seco é a forma sólida do dióxido de carbono. Se as precauções adequadas não forem tomadas ao manuseá-lo, podem ocorrer queimaduras semelhantes ao congelamento. Apesar de não precisar haver preocupação um curto contato com o gelo seco, a exposição prolongada pode se tornar problemática. De acordo com o site Dry Ice Info, as células podem ficar congeladas e queimaduras podem desenvolver-se devido à exposição ao gelo seco. Caso apareça uma queimadura causada por esse tipo de contato, trate-a como se fosse uma queimadura de calor.

A exposição prolongada ao gelo seco pode resultar em queimaduras na pele (IvoPetkov/iStock/Getty Images)

Características

O gelo seco é muito mais frio do que o gelo feito a partir da água. É por isso que é necessário ter precaução ao manuseá-lo. Até mesmo a inalação desse material em um espaço confinado pode ser perigosa. Enquanto o gelo seco derrete, ele transforma-se na forma gasosa do dióxido de carbono. Caso inale o suficiente do gás, é possível desmaiar ou talvez até morrer. É possível desenvolver queimaduras de primeiro a terceiro grau se ocorrer exposição acidental ao gelo seco.

Gelo seco é frio (Ivo Petkov/iStock/Getty Images)

Molhando a pele

Caso a pele entre em contato com o gelo seco, é importante agir imediatamente. Segundo o site Pain Enterprises, a queimadura gerada pelo gelo seco deve ser colocada de molho em água morna. Mantenha o local submerso por, pelo menos, dez ou 15 minutos. Não use água quente, pois isso pode agravar a queimadura e ajudar a iniciar a morte das células dentro e em torno do local do machucado. Use uma toalha de mão mergulhada na água fria para aliviar a dor da queimadura. Não use gelo em cima do ferimento, pois isso pode causar maiores danos na área afetada.

Não use água quente sobre uma queimadura causada pelo gelo seco (Wavebreakmedia Ltd/Wavebreak Media/Getty Images)

Pomadas

Usar pomadas em uma queimadura causada pelo contato com gelo seco pode ajudar no processo de cura. Algumas pomadas antibióticas podem ajudar e prevenir contra infeções, além de aliviar a dor. Entretanto, se a queimadura for muito grave, como as de terceiro grau, em que a superfície aparenta brilhante e carnuda, sem sinais de dor, é necessário buscar atendimento médico imediatamente.

A babosa pode ajudá-lo a aliviar e tratar uma queimadura (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Use gaze

No caso de uma queimadura leve com gelo seco, use gaze para cobrir a área afetada. Não deixe o material muito preso, pois isso pode fazer com que fiapos e sujeiras fiquem presos na ferida. A gaze deve ser enrolada suavemente o suficiente para evitar que o machucado fique pressionado. Esse procedimento ajudará a diminuir a dor e o inchaço e protegerá as bolhas que podem se formar em decorrência da queimadura. Se houver a formação de bolhas, não tente estourá-las, pois isso pode resultar em infecção.

Tampe o ferimento com gaze (Comstock/Stockbyte/Getty Images)

Aliviando a dor

Caso o médico não contraindique, use medicamentos para dor comercializados livremente em farmácias. O ibuprofeno pode ajudar a aliviar o inchaço da queimadura do gelo seco e o paracetamol ajuda com a dor. Caso os sintomas persistam e continuem incomodando, peça para que o médico receite um remédio mais forte.

Tome o medicamento adequado para aliviar a dor (Photodisc/Photodisc/Getty Images)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article