Mais
×

Como tratar rins policísticos

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Rins policísticos é uma doença genética que faz com que massas ou cistos se formem nos rins, eventualmente substituindo o tecido normal do órgão. A doença também pode causar a formação de cistos no fígado. Não há cura para o mal, mas tratamentos podem reduzir os sintomas e melhorar a qualidade de vida do paciente. Leia e descubra como tratar rins policísticos.

Instruções

Trate rins policísticos
  1. Pergunte ao médico quais são os medicamentos para dor que não oferecem riscos. Muitos pacientes tomam aspirina ou paracetamol. Todavia, alguns analgésicos podem danificar os rins e aumentar a pressão sanguínea.

  2. Faça a cirurgia para diminuir a dor nas costas. Operações para reduzir os cistos também diminuem a dor nas costas em alguns casos, especialmente naqueles em que os cistos estão maiores que 5 mm.

  3. Trate infecções urinárias. Alguns pacientes com rins policísticos sofrem de infecções urinárias com frequência. Você deve impedir que a infecção atinja os cistos dos rins, onde os antibióticos são menos eficazes.

  4. Busque tratamento para pressão alta. Função renal prejudicada pode resultar em aumento da pressão sanguínea, fazendo com que os pacientes corram risco de sofrer um derrame. A pressão alta pode ser tratada com medicação e mudanças no estilo de vida.

  5. Descubra que cuidados você deve ter com sua saúde quando precisar se submeter à diálise. Muitos pacientes com rins policísticos chegam à falência renal após alguns anos e, então, a diálise assume o papel dos rins, filtrando o sangue.

  6. Considere a possibilidade de um transplante de rins. Os efeitos positivos do transplante são mais duradouros que os da diálise. O doador pode ser vivo ou falecido, mas, de toda forma, seu médico deve colocá-lo em uma lista de espera para transplantes.

  7. Mantenha-se a par de pesquisas. Você poderá se candidatar para testes clínicos que busquem avaliar novas formas de tratar rins policísticos.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article