As três portas de som de uma placa-mãe

Escrito por daniel thompson | Traduzido por fernando lopes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As três portas de som de uma placa-mãe
Placas-mãe analógicas têm portas de entrada de aúdio compatíveis com 3.5 mm mini estéreo (Zedcor Wholly Owned/PhotoObjects.net/Getty Images)

Muitas placas-mãe têm um microprocessador integrado que executa o processamento de áudio no lugar da placa de som. Placas-mães com som onboard usam uma variedade de portas feitas para acomodar entrada e saída de som. As portas mais comuns são as do microfone, portas line-in e line-out. Muitas placas-mãe modernas também têm outros tipos de portas de áudio feitas para suportar caixas de som adicionais ou saída de áudio digital

Outras pessoas estão lendo

Portas básicas

As três portas básicas oferecidas por todas as placas-mãe com som integrado são as de microfone, entrada e saída. Essas portas são compatíveis com dispositivos de áudio usando entrada 3.5 mm, comum à maioria das caixas de som para desktop e fones de ouvido. A porta do microfone é feita para aceitar entrada de microfones usando a porta de 3.5 mm de áudio. Na maioria dos computadores, esta porta é da cor rosa. Aporta de entrada é feita para aceitar entrada de áudio de dispositivos que não sejam microfones. A porta de saída é comumente usada para caixas de som, mas é compatível com qualquer dispositivo que use o conector de áudio apropriado. A porta de saída é facilmente identificada na maioria dos computadores por sua cor verde.

Cabeçotes de áudio

As placas-mãe usam uma série de conectores conhecidos como cabeçotes de áudio, que mandam e recebem áudio através de portas secundárias na parte frontal do gabinete. Quase todas as placas-mãe têm cabeçotes de áudio frontais, no entanto, alguns gabinetes não têm as portas necessárias para habilitar essa função. Os gabinetes que suportam portas frontais normalmente têm portas para microfone e fone de ouvido, além de portas para dados. As portas de áudio frontal são feitas para sua conveniência ao usar headsets com fios curtos. As portas frontais são idênticas às portas traseiras. Muitas placas-mãe modernas também incluem um programa que permite desabilitar portas específicas ou redirecioná-las para um tipo diferente de saída ou entrada.

Portas digitais

As três portas de áudio básicas transmitem áudio analógico e são compatíveis com a maioria das caixas de som. Certas caixas de alto desempenho usam som digital e necessitam de um tipo diferente de porta. Muitas placas-mãe modernas suportam saída de som digital usando uma porta Toshiba Link. As portas TOSLINK usam um cabo de fibra óptica para transmitir dados de áudio. A maior vantagem desse tipo de cabo é que ele é imune a interferência eletromagnética e pode transmitir som de qualidade superior à portas de 3.5 mm convencionais.

Outras portas

A maioria das placas-mãe suportam um mínimo de seis portas de áudio de 3.5 mm, incluindo três portas básicas encontradas em qualquer placa-mãe com áudio integrado. Essas portas são parte do painel traseiro da gabinete. Essas portas extras são feitas para suportarem caixas de som adicionais para configurações de som surround e um subwoofer. As caixas de som adicionais são distinguíveis das três portas básicas por suas cores. A porta de saída traseira é geralmente preta, enquanto a porta do subwoofer é laranja com a terceira saída na cor cinza.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível