Tutorial Teradata SQL Assistant

Escrito por leena kudalkar | Traduzido por anderson gandor
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tutorial Teradata SQL Assistant
Uma base de dados Teradata fornece a escalabilidade necessária para armazenamento de informações (data image by jeancliclac from Fotolia.com)

O Teradata SQL Assistant é um utilitário cliente baseado na tecnologia Open Database Connectivity, ODBC, (conectividade de base de dados aberta). Ela fornece um autor Query para enviar comandos SQL para o banco de dados, criar relatórios, exportar e importar dados entre bases de dados compatíveis com ODBC e ferramentas ou planilhas, manter históricos e fornecer um Database Explorer (pesquisador de bases de dados) visual para visualizar objetos da base de dados. O utilitário tem duas edições, nomeadas Teradata SQL Assistant para Microsoft Windows e Teradata SQL Assistant Web Edition. Enquanto a diferença entre as duas edições diz respeito principalmente à conectividade, este tutorial irá focar na versão para Windows.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • RDBMS compatível com ODBC (como Teradata, Oracle, Sybase, Microsoft SQL Server, Microsoft Access ou MySQL)
  • Driver ODBC e programa de conectividade para o RDBMS
  • Teradata SQL Assistant para Microsoft Windows

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Instale o driver ODBC para a sua fonte de dados RDBMS no servidor do PC. O driver vem do fornecedor RDBMS na embalagem de instalação. Veja também "Teradata Tools and Utilities Installation Guide for Microsoft Windows" (Guia de instalação de ferramentas e utilitários do Teradata para Microsoft Windows) na seção Referências.

  2. 2

    Clique no menu Iniciar do Windows, selecione Programas e "Teradata SQL Assistant."

  3. 3

    Selecione Ferramentas e então "Define Data Source" (Definir fonte de dados) a partir do Teradata SQL Assistant que você carregou no Passo 1.

  4. 4

    Escolha o tipo de fonte de dados que você quer criar: User (Usuário), System (Sistema) ou File DSN (Arquivo DSN). Clique em "Add" (Adicionar) e depois em "OK". Na caixa "Create New Data Source" (Criar nova fonte de dados), selecione o driver apropriado listado abaixo de "Name" (Nome) e clique em "Finish" (Finalizar). Você selecionou um driver para o seu RDBMS. Uma caixa de diálogo aparece.

  5. 5

    Na caixa de diálogo, digite um nome e descrição para sua fonte de dados. Entre com o endereço de IP ou nome do servidor no qual o seu RDBMS reside, nome de usuário e senha. Se você não marcou "Use Integrated Security" (Utilizar segurança integrada), selecione um mecanismo de segurança a partir da lista. Se a ela estiver vazia, consulte o administrador da base de dados (DBA). Digite um valor para "Parameter" (Parâmetro), como uma senha para o mecanismo de segurança. Se quiser, adicione valores para "Default Database" (Base de dados padrão) e "Account String" (Conta série), que é a conta (login do servidor de base de dados) que a DBA atribuiu ao nome de usuário quando ele foi criado. Clique "OK" duas vezes para fechar as caixas de diálogo. O Teradata SQL Assistant está pronto para uso.

  6. 6

    Para conectar a uma fonte de dados, a partir da janela principal do Teradata SQL Assistant, selecione "Tools" (Ferramentas) e "Connect" (Conectar). Clique no ícone da barra de ferramentas para selecionar a fonte de dados e clique em "OK". Na caixa de diálogo, selecione "Use Integrated Security" (Utilizar segurança integrada), digite o "Mechanism" e o "Parameter", ou dê entrada no nome de usuário e senha. Como opção você pode digitar um "Default Database" ou um "Account String". Clique "OK".

  7. 7

    Navegue através dos vários painéis na janela principal do Teradata SQL Assistant. Você verá a janela Query, a janela Answerset (resultados), a janela Histórico e a janela Database Explorer, onde você poderá expandir a árvore e visualizar todos os objetos da base de dados em uma lista hierárquica.

  8. 8

    Selecione "Insert" (Inserir) ou "Delete" (Deletar), a partir da lista de comando principal e clique com o botão direito no objeto para o menu de atalho, para adicionar ou remover uma base de dados, tabela, visualização ou coluna.

  9. 9

    Para colar nomes de objetos da base de dados do código SQL na janela Query ativa, selecione o objeto a partir da janela Database Explorer, clique com o botão direito e selecione "Quick Paste" (Colar rápido) a partir do menu de atalho. A opção "Browse" (Navegar) copia a lista inteira de colunas a partir da tabela ou visualização selecionada, para adicionar para uma simples declaração selecionada como "select <column1, column2, column3 ....> from <tablename | viewname>".

  10. 10

    Para listar todas as tabelas em uma base de dados ou coluna em uma tabela, selecione "Tools" e "List Tables" (Listar tabelas) ou "List Columns" (Listar colunas), respectivamente. Dê entrada com o nome e tabela da base de dados desejada ou visualize o nome. Clique "OK".

  11. 11

    Para desconectar da sua fonte de informações, selecione "Tools", a partir da janela principal e depois "Disconnect" (Desconectar).

Dicas & Advertências

  • Pressione "F1" a partir de qualquer lugar no programa SQL Assistant para ajuda contexto-sensitiva.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível