Uso do Depo-Provera no controle da menopausa

Escrito por holly huntington | Traduzido por diego silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

As ondas de calor e a aridez vaginal são dois sintomas da menopausa que as mulheres tomando Depo-Provera querem evitar. O Depo-Provera (medroxiprogesterona) é um hormônio feminino comumente conhecido por progesterona, de acordo com o site Drugs.com. Ele é usado junto de uma mistura do hormônio estrogênio (conhecido como estrogênio conjugado) para tratar os sintomas da menopausa.

Outras pessoas estão lendo

Menopausa

A condição da menopausa (quando os níveis hormonais da mulher caem e a fertilidade cessa), podem produzir sintomas problemáticos e desconfortáveis. Esses sintomas podem incluir ondas de calor, aridez vaginal, afinamento dos ossos e queimaduras e irritação da área vaginal. Portanto, não é incomum as mulheres procurarem medicações para ajudar a controlar os sintomas da menopausa.

Depo-Provera

A progesterona é um hormônio que regula a ovulação, e também a menstruação (seja natural ou induzida por medicamentos). Um remédio que às vezes pode ser prescrito para ajudar a controlar os sintomas da menopausa (incluindo aqueles pertencentes da ovulação e menstruação) é o Depo-Provera, que contém progesterona.

Administração do Depo-Provera

O Depo-Provera é administrado em forma de pílula (uma caixa para 28 dias, contendo 14 pílulas de cada uma das duas cores diferentes). É recomendado que o Depo-Provera seja tomado no mesmo horário todo dia para manter um suprimento constante no corpo. Ele pode ser tomado com ou sem comida, se desejar.

Ponto importante

De acordo com o site Drugs.com, as pílulas da cor correta devem ser tomada nos primeiros 14 dias, assim como a outra cor deve ser ingerida do dia 15 ao 28 (uma cor no início do mês e a outra no fim). É importante não misturar as cores durante o mês.

Efeitos colaterais

Os possíveis efeitos colaterais podem variar de medianos (acne, inchaço e aumento do crescimento capilar) a severos (dificuldade respiratória, dores no peito, confusão e dormência em uma parte do corpo). Se o usuário do mediamento for fumante, ainda pode aumentar o risco do desenvolvimento de coágulos sanguíneos, ataque cardíaco e derrame. De acordo com a Mayo Clinic, as fumantes também podem enfrentar um aumento nas ondas de calor durante a menopausa ou causar a menopausa, caso ainda não esteja passando por ela.

Aviso

O Depo-Provera não deve ser consumido por indivíduos com câncer uterino, câncer de mama ou cânceres hormônio-dependentes. Ele também não deve ser tomado no caso de histórico com derrames, coágulos sanguíneos ou ataques cardíacos, ou no caso da existência de alguma doença hepática.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível