Vantagens e desvantagens dos diferentes tipos de madeira

Escrito por melissa o'connor | Traduzido por bruno charamba
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Vantagens e desvantagens dos diferentes tipos de madeira
Existem muitas vantagens e desvantagens em utilizar diferentes tipos de madeiras (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

Os dois principais tipos de madeira são as madeiras folhosas e as coníferas. Existem vantagens e desvantagens ao utilizar cada uma delas, e certos projetos, como melhorias domésticas, necessitam de um tipo específico de madeira. É útil saber os diferentes tipos, e suas características antes de decidir qual delas usar em um projeto.

Outras pessoas estão lendo

Folhosas

Um dos tipos mais comuns de madeiras são as folhosas. Elas são tiradas de árvores assim que perdem suas folhas. Nogueira, carvalho, maple, cerejeira, jacarandá, mogno e teca são alguns dos tipos de madeiras folhosas. Elas tem grãos finos, e são fáceis de se trabalhar.

Coníferas

As coníferas vêm de árvores de folhas perenes ou árvores com frutos em forma de pinha. Pinho, abeto, pinheiro, cicuta e cedro são alguns dos tipos; elas são utilizadas em construção de casas. São leves e fáceis de se trabalhar.

Vantagens e desvantagens do uso de folhosas

As vantagens das folhosas, tipo mogno e nogueira, é a alta durabilidade e habilidade em resistir a empenamento e encolhimento. Elas também possuem diferentes tipos de acabamentos e mancham bem, o que possibilita o seu uso em mobílias e armários. Essas madeiras são também resistentes à umidade e são boas para revestimento de piso, devido a sua imensa força.

Algumas das desvantagens das folhosas é a mudança de cor quando exposta à luz, como a madeira de cerejeira, e têm uma fragrância distinta, como o jacarandá. Algumas precisam de bastante polimento, e outras são tão duras que é preciso furar um buraco antes que se possa colocar parafusos.

Vantagens e desvantagens do uso de coníferas

As coníferas, como o pinheiro e o abeto, têm textura uniforme e baixa resistência à degradação, o que fazem boas para mobília, janelas e cercas. Outras, como a cicuta, servem bem em máquinas, e são usadas principalmente em construções. Além disso, elas são fáceis para se esculpir, e podem ser usadas para trabalhos mais finos. A desvantagem de usar coníferas, é que elas absorvem muito umidade, e não são tão estáveis quanto as folhosas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível