As vantagens de um gráfico de barras

Escrito por natasha gilani | Traduzido por luiz neves
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As vantagens de um gráfico de barras
Um gráfico de barras exibe comparações entre valores (3d graph image by Stuart Bolton from Fotolia.com)

Um gráfico de barras, também chamado tabela de colunas, tabela de barras ou gráfico de múltiplas colunas, é um gráfico em que os dados são visualmente representados por barras verticais e horizontais. Ele é usado para mostrar comparações entre valores, com uma barra representando cada valor. Categorias ou grupos são comumente mostrados no eixo horizontal (eixo X) e uma escala quantitativa ou numérica é exibido no eixo vertical (eixo Y). Os gráficos de barras são usados para demonstrar dados tanto contínuos quanto descontínuos, ou discretos.

Outras pessoas estão lendo

Fácil representação de dados

Um gráfico de barras representa um dado, ou um conjunto de dados, em uma forma esquemática. Os gráficos são úteis para representar dados com unidades distintas, como anos e meses. Eles também são valiosos quando se trata de mostrar as diferenças, ou fazer comparações, entre variáveis diferentes. Os gráficos de barras são úteis quando variáveis contáveis, fatos e dados devem ser demonstrados. Eles mostram esses e outros valores comparativos de uma maneira distinta e compreensível, dando uma imagem mais clara e compreensível da distribuição de dados.

Representa frequência

De acordo com Deborah Rumsey no "Statistics Workbook for Dummies", "os gráficos de barras são o método mais popular de demonstração de dados, quebrando os dados em gráficos e mostrando a frequência relativa, ou a frequência para cada grupo separado (que é tipicamente representada como a altura de uma barra).

Fácil de construir

Os gráficos de barras são fáceis de construir, desde que se tenha dados apropriados. Um gráfico completo precisa de um título, legendas e uma escala. De acordo com Ronald Staszkow e Robert Bradshaw no livro "The Mathematical Palette", são necessários três passos para fazer um gráfico de barras: determinar as categorias ou valores que devem ser colocados ao longo dos eixos horizontal e vertical; fazer a escala que será usada para determinar os dados numéricos e escolher o tipo, estilo e comprimento de cada barra.

Versátil e largamente utilizado

Existem vários tipos de gráficos de barras, que podem ser usados para vários propósitos. Os três tipos mais comuns de gráficos de barras incluem gráficos simples, gráficos de barras quebradas e de barras múltiplas. Um gráfico simples representa uma única quantidade pela altura ou comprimento de uma barra; um gráfico de barra quebrada é tipicamente usado para representar valores ou quantidades largas; e um gráfico de barras múltiplas é usado para representar valores de diferentes itens. Os gráficos de barras são usados em vários propósitos nas áreas de indústria, educação, varejo e negócios para mostrar comparações entre valores, como o número de alunos em um determinada turma, ou o número de vendas feitas sobre um determinado período de tempo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível