Variedade de instrumentos dentais

Escrito por yashekia king | Traduzido por barbara silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Variedade de instrumentos dentais
O dentista utiliza diversos instrumentos dentais para realizar um procedimento (Image by Flickr.com, courtesy of Bev Sykes)

Os instrumentos dentais servem a diversos propósitos em procedimentos realizados para manter a saúde dos dentes. A maioria dos instrumentos manuais é fabricada em aço inoxidável, plástico, aço carbono ou outro material específico. O assistente dental organiza esses instrumentos em uma bandeja e os passa ao dentista. Cada instrumento possui um cabo, uma parte ativa (porção do instrumentos com a função específica) e um cabo (ligado aparte ativa), de acordo com a "Torres and Ehrlich Modern Dental Assisting" (Assistência Dental Moderna de Torres e Ehrlich).

Outras pessoas estão lendo

Conjunto básico

Um espelho dental, uma sonda exploradora dupla e pinças de algodão são três instrumentos dentais sempre utilizados em todos os procedimentos. O espelho possibilita ao dentista checar áreas da boca que não são visíveis diretamente, direciona luz para áreas escuras da boca e segura a língua ou a afasta durante o tratamento. As sondas exploradoras possuem extremidades pontiagudas que ajudam a localizar cáries e cálculos -- material calcário que se fixa aos dentes, também chamado de "tártaro". As pinças de algodão seguram, conduzem e posicionam pequenos itens, como as bolinhas de algodão.

Instrumentos de exame

O espelho dental, a sonda exploradora e a pinça de algodão também são instrumentos de exame, junto com a sonda periodontal. A sonda periodontal mede a profundidade de sondagem em milímetros das estruturas que circundam cada dente para demonstrar a saúde total da gengiva. Os instrumentos de exame -- instrumentos mais utilizados da bandeja -- podem ser usados para checar um problema dentário particular, prover um exame completo da boca ou avaliar um dente restaurado.

Instrumento de corte manuais

O escavador, o escaler, a cureta, o cinzel e o aparador gengival marginal são todos instrumentos de corte. Um escavador em colher remove detritos e cáries dos dentes. O escaler elabora as paredes da cavidade de uma preparação dental. O cinzel faz ranhuras retentivas na preparação para ajudar a manter o material de restauração no lugar. A cureta corta esmalte -- material que recobre o dente -- e alisa as superfícies do preparo. O aparador gengival marginal é um tipo de cinzel com lâmina curva.

Instrumentos de restauração

A maioria dos dentistas utiliza um porta-amálgama, um condensador, um brunhidor e um esculpidor para adaptar, condensar e esculpir materiais de restauração. O porta-amálgama possui reservatórios nas duas pontas, onde carregam amálgama (material prateado de preenchimento) recém-preparado para inserção no dente preparado. O condensador comprime o amálgama para baixo, dentro da preparação. O brunhidor alisa a superfície da restauração de amálgama recém-preparada. O esculpidor remove o excesso de material e esculpe a anatomia natural do dente sobre o amálgama ou em restaurações intermediárias temporárias (utilizadas se um dente perdeu um preenchimento), antes de seu endurecimento.

Acessórios

Os acessórios comuns incluem espátulas, tesouras e papel de articulação. Espátulas para cimento misturam materiais dentais utilizados em procedimentos de preenchimento (como os forros e as bases) ou cimentos que colam restaurações, como coroas aos dentes. Tesouras para coroas e pontes cortam coroas de aço inoxidável e diques de borracha -- um material fino utilizado para isolar um dente para um procedimento dental. O papel de articulação é um papel carbono que checa os pontos de contato da mordida do paciente com nova restauração, coroa, ponte ou dentadura.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível