×
Loading ...

15 praias que farão seu queixo cair

Getty Images

Introdução

Se você pudesse adicionar formações naturais únicas ou costumes exóticos ao sonho de ficar deitado na areia curtindo o sol em uma praia paradisíaca pudesse, qual cenário escolheria? Aqui está uma série de praias famosas em todo o mundo que são conhecidas por alguma peculiaridade que as tornam únicas e atraentes. Escolha a praia que mais o agrada!

ah zut en flickr.com

Bowling Ball Beach, Califórnia

Como o próprio nome indica, Bowling Ball Beach está localizada na costa da Califórnia, no condado de Mendocino, e é formada por esferas rochosas que ultrapassam um metro de diâmetro. Essas rochas se estendem ao longo da praia formando um enorme campo de boliche. Como se isso já não fosse o suficiente para torná-la especial, suas areias ainda são verdes. Esse local é muito visitado para atividades como surfe e pesca, mas também para passar noites tranquilas assistindo ao pôr do sol em um lugar incrível.

Steve Dunleavy en flickr.com

Papakolea Beach, Havaí

Papakolea Beach é uma ilha havaiana situada no distrito de Ka'u. Ela apresenta areias de cores únicas: preta, roxa e, principalmente, verde. O tom verde tem origem no que se conhece como o diamante havaiano, que são os cristais de olivina que ali se depositaram como resultado de uma erupção vulcânica que ocorreu há dez mil anos. Existem outros componentes vulcânicos na areia, mas devido ao fato da olivina ser mais pesada que os outros grãos, sua cor prevalece quando a água arrasta os outros cristais. E é nesse momento que a areia fica mais verde ainda.

Getty Images

Praia aeroporto, Escócia

Na Escócia existe uma praia que funciona como pista de aterrissagem do aeroporto de Barra, situado na ilha de mesmo nome. Trata-se do único aeroporto do mundo com estas características e conta com três pistas de aterrissagem indicadas com toras de madeira. Os voos que partem e chegam a essa praia são gerenciados pelo Highlands and Islands Airports Limited, e os horários dependem exclusivamente da maré, já que a alta do mar pode cobrir as pistas, impedindo seu funcionamento. Este é considerado um dos melhores aeroportos do mundo.

Getty Images

Scala dei Turchi, Itália

Na ilha italiana da Sicília se estende um enorme precipício rochoso que termina no mar, situado a 18 km de Agrigento. Trata-se da Scala dei Turchi, literalmente, Escada dos Turcos. É formada por uma rocha calcária sedimentar de coloração branca chamada de marga. A erosão causada pelo vento e pela água ao longo de séculos construiu lá uma espécie de escada.

GuiaLoMejorDelMundo.com

Gulpiyuri, Espanha

A praia espanhola de Gulpiyuri se encontra ao norte do povoado de Naves, nas Astúrias, e é considerada um monumento natural desde 2001. Ela é muito pequena e só é acessível pela praia de San Antolín. Ela é muito bem conservada devido ao seu isolamento. Muito protegida do vento e com águas rasas, é famosa por ser uma praia interior rodeada por campos verdes. Nela se formou naturalmente uma caverna de rocha calcária em uma zona íngreme onde o fundo da caverna desmoronou e deixou um buraco onde o mar entra e forma uma praia de areia fina.

Reprodução revistastile.com.br|Fair Use

Praia Escondida, Puerto Vallarta

Esta praia mexicana de areias brancas conhecida como Escondida, em Puerto Vallarta é uma caverna de rocha vulcânica que conta com uma variada e peculiar fauna marinha, o que a torna um lugar mágico. Por isso ela foi transformada em parque nacional protegido pelo governo mexicano e declarada Reserva da Biosfera pela Unesco. Trata-se de uma praia coberta em parte por um paredão de rochas no coração das três ilhas desabitadas de Marieta del Pacífico. Ela é visitada principalmente para a prática de mergulho, já que lá se podem ver desde tartarugas marinhas e raias até polvos, golfinhos, baleias jubarte e outras espécies em risco de extinção.

Getty Images

Ocean Dome, Japão

Além das praias naturais, existe no Japão uma praia artificial dentro de um resort construída em paralelo à costa na cidade de Miyazaki. Este parque aquático possui 300 metros de comprimento por 100 de largura. A construção conta com uma espécie de tenda com um teto desenhado de maneira inovadora com função retráctil. Ele se abre e permite a entrada dos raios solares ou projeta a imagem de um céu limpo nos dias nublados.

4anotimpuri.ro

Maho Beach, Ilha de San Martin

Esta praia está situada no lado holandês da ilha caribenha de San Martin e conta com uma atração extremamente chamativa e carregada de adrenalina. Sua proximidade com o Aeroporto Internacional Princesa Juliana, que possui pistas muito curtas, faz com que os aviões tenham que passar a uma altura muito baixa sobre as areais, dando a sensação de que é possível tocar a cabeça dos banhistas enquanto eles desfrutam o mar.

BrownBearSW.com

Prince William Sound, Alasca

Uma praia muito especial mas que certamente não lhe dará vontade de se banhar ou tomar sol está situada no estado estadunidense do Alasca. Prince William Sound possui costas adornadas com uma cadeia de glaciares em sua parte sul, que soltam placas de gelo no mar. As águas cristalinas refletem os picos montanhosos e a areia negra gera um contraste com as colinas verdes. As espécies marinhas lá encontradas são muito atrativas. É possível ver focas, baleias, lontras marinhas, além de águias e ursos. Os cruzeiros feitos nessa região são famosos. Neles, os turistas podem tirar fotos impecáveis em um local extremamente contrastante.

Russell Heyman en flickr.com

Rainbow Beach, Austrália

Rainbow Beach é uma praia australiana famosa por refletir todas as cores do arco-íris, sobretudo tons mais quentes como rosa e mel. Uma lenda aborígene conta que um espírito personificado em arco-íris caiu na praia durante uma briga com uma mulher e a manchou com suas cores. A areia da praia parece dourada de longe, mas de perto é possível ver todas as cores irradiadas como um prisma. O local é próximo à Ilha Fraser, uma ilha arenosa conhecida como a maior do mundo desse tipo.

Getty Images

Baía do Sancho, Fernando de Noronha

Eleita como melhor praia do Brasil pelo site TripAdvisor, a Baía do Sancho, no Arquipélago de Fernando de Noronha, em Pernambuco. Localizada a oeste do Morro Dois Irmãos e a leste da Baía dos Golfinhos, essa praia possui lajes rochosas que abrigam uma variedade de flora e fauna marinha. Isolada, ela conta com areia branca e água verde-esmeralda. Do alto de uma falésia ainda é possível ver goflinhos brincando no mar. De fevereiro a junho, os visitantes têm a oportunidade de testemunhar duas cachoeiras que se formam a partir da água da chuva e jorram de cima de um precipício.

Reprodução abeachaday.com|Fair Use

Saleccia, França

O nome original desta praia é Plage de Saleccia. Ela se encontra próxima a St-Florent, na ilha francesa de Córsega, situada a 200 km da Costa Azul. Uma das mais isoladas no norte da ilha, ela deslumbra por sua enorme extensão de areias brancas e macias. Além disso, possui um lindo mar de cor turquesa e seu perímetro é rodeado por bosques de pinheiros. Porém, o mais chamativo são as espécies bovinas residentes que convivem com os turistas e compartilham os dias sob o sol na praia.

Getty Images

Hot Water Beach, Nova Zelândia

Na cidade neozelandesa de Auckland se encontra Hot Water Beach, um praia de águas quentes situada na costa leste da península Coramandel. Ali ocorre um fenômeno muito singular. Antes da maré baixar ou logo depois, surgem águas de até 64ºC. Para desfrutar dessas águas, os turistas cavam buracos na areia e depois que a maré baixa as cavidades se enchem de água e se transformam em piscinas particulares.

Reprodução Wikimedia Commons|Subhasisa Panigahi|Attribution-ShareAlike 3.0 Unported (CC BY-SA 3.0)

Praia Chandipur, Índia

Na praia indiana de Chandipur, situada na baía de Bengala, no estado de Odisha, ocorre um fenômeno geológico muito estranho em que duas vezes por dia a água desaparece em questão de minutos bem na frente dos olhos dos espectadores. Mais ou menos 5 km de mar emergem novamente diante da praia. É impressionante como se pode caminhar sobre onde havia água e observar o fundo sem precisar mergulhar.

LaCienciaYSusDemonios.com

Calçada dos Gigantes, Irlanda do Norte

Na praia irlandesa da Calçada dos Gigantes as erupções vulcânicas geraram cerca de 40 mil colunas de basalto com formas hexagonais que lembram os tubos de um órgão. Algumas estruturas são especialmente famosas, como a bota do gigante e as chaminés. De acordo com a mitologia local, o guerreiro Finn McCool, batalhando com um gigante escocês, construiu esta calçada, cada um de sua costa para conseguirem se encontrar.