Como usar ácido muriático para matar ervas daninhas

••• Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

O ácido muriático é a forma liquefeita do gás cloreto de hidrogênio. Esse líquido altamente corrosivo é muito usado para equilibrar o pH de piscinas como também para remover o excesso de argamassa de tijolos e de concreto entalhado. O produto é destrutivo para a celulose e vai quebrar a cadeia de celulose em unidades menores, causando hidrólise. Por ser um ácido altamente corrosivo, você deve ler os avisos que vêm junto com o produto e tomar as precauções recomendadas, ao usar o ácido como herbicida.

Instruções

Passo 1

Misture uma solução fraca de ácido muriático que contenha 1 parte de ácido para 20 partes de água num balde.

Passo 2

Mergulhe uma esponja na solução. Aperte a esponja para que fique embebida, mas não pingando.

Passo 3

Passe a esponja nas ervas daninhas, embebendo-as com a solução. Esse método evita que o ácido pingue no solo e potencialmente o contamine ou prejudique as plantas ao redor.

Passo 4

Coloque o restante da mistura em um frasco borrifador.

Passo 5

Pulverize ervas daninhas que aparecem nas fendas da calçadas até que estejam cobertas com o ácido. A solução irá matar as ervas que estão nas fendas e evitar que elas voltem. Envolva a erva com um pano de proteção evitando que o ácido caia na calçada, o que pode entalhar o concreto, se houver aplicação em excesso.

Passo 6

Observe as ervas daninhas, que devem estar marrons e quebradiças. Se a planta não morrer, misture uma solução mais forte do veneno e volte a tratá-las.

Mais recentes

×