×
Loading ...

Atividades para ensinar inferências em textos de não ficção

Entender a inferência lógica pode fazer a diferença entre compreender um texto e interpretá-lo mal. Os alunos devem inferir causa e efeito, as principais ideias, problemas e soluções, comparações e contrastes e pistas visuais a fim de serem leitores eficazes. Ao realizar atividades de inferência em sua aula de leitura, os estudantes aprendem a compreensão interpretativa — mesmo quando os fatos não são apresentados no texto, eles reconhecem o que faz sentido. Essa habilidade também será usada em outras áreas temáticas, como estudos sociais, matemática e ciências.

As aulas interativas ajudam os alunos a compreender inferências (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

Jogos

Os estudantes — especialmente aqueles das séries fundamentais e do ensino médio — devem participar em atividades práticas, como jogos interativos para aprender sobre inferências. Uma ideia é um jogo de cartas baseado em situações da vida real. Nesses, eles tentam combinar as cartas de fatos e inferências. Por exemplo, o fato: "A mala do vovô está ao lado da porta" combina com a inferência: "O vovô vai viajar de férias". Os alunos também podem trabalhar com parceiros jogando: "Onde estou?". Eles criam cenários realistas ou cenas de livros usando apenas inferências. "Adoro sentir o sol no meu rosto e ouvir as ondas". O parceiro assume que ele está no oceano. Eles alternam suas vezes. As crianças também podem ter um "desafio silencioso", onde elas sentam-se durante dois minutos sem movimentarem-se, exceto pela respiração. Quando uma se move, ela está fora da competição. No final, normalmente permanecem duas ou três crianças. Os colegas, em seguida, analisam os traços de caráter possíveis dos vencedores, como força de vontade e determinação.

Loading...

Outras atividades em grupo

Uma ideia para uma atividade em grupo com os alunos é exibir um filme mudo aprovado e analisar o enredo. Eles podem discutir o quanto foram capazes de acompanhar a história quando não há palavras e podem trabalhar em grupos de quatro usando inferências para criar seu próprios "filmes" silenciosos para depois apresentarem aos colegas. Há também a possibilidade de trabalhar em grupos de dois ou três fazendo inferências um sobre o outro. Cada aluno prepara um pacote de quatro ou cinco itens que representam seus passatempos e personalidade: um livro de mistério, uma bola de beisebol, uma partitura de piano e um modelo de avião, por exemplo. Os membros do grupo discutirão o que concluíram com base nos itens. E as crianças também podem jogar um jogo de charadas, refletindo sobre temas pertinentes da área de assunto. Isso funciona bem em uma aula de história.

Atividades escritas

Os estudantes devem ser capazes de distinguir fato de inferência. Quando eles terminarem de ler um artigo de não ficção, o professor pode exibir várias frases relacionadas em uma apresentação de slides para todos os alunos copiarem. Eles escrevem "fato" ou "inferência" ao lado de cada frase. No caso dos fatos, eles devem encontrá-los e sublinhá-los no artigo. O professor também pode exibir uma apresentação de slides retratando cenas realistas, como uma tempestade. As crianças dobrarão um papel ao meio e escreverão nas metades "observações" e "inferências". Elas registrarão três observações e três inferências para cada imagem. Outra atividade é fazer inferências sobre personagens. O professor lê um trecho como: "João viu Pedro sentado sozinho em uma mesa, então ele se juntou a ele. Pedro e João riram e conversaram". Os alunos então escreverão inferências sobre a personalidade de João.

Considerações

Os alunos com dificuldades de linguagem podem precisar de modificações para essas atividades. Os professores devem ser específicos e diretos. Ajude sua turma a entender que eles fazem muitas inferências durante o dia, como: "Meu pai viu a bagunça que eu fiz. Ele parece zangado". Com exemplos da vida real consistentes, eles podem transferir essa habilidade para a leitura crítica. Os alunos precisam ler nas entrelinhas e conectar o que eles já sabem. Comece com fotos, mostre uma imagem de uma mulher e faça inferências sobre ela. Por exemplo, ela está feliz e é bem sucedida? Copie as ilustrações de um livro de imagens e coloque-as em papel gráfico. Convide-os a criar uma história em curso escrevendo frases em cada página para representar a ação.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...