Os Beatles e a Beatlemania

••• Ben Gabbe/Getty Images Entertainment/Getty Images

Os Beatles foram possivelmente o maior fenômeno da música mundial. Conquistaram multidões por onde passaram, colecionaram hits de sucesso e revolucionaram o cenário musical. O quarteto formado em Liverpool, Inglaterra, por Paul McCartney (baixo e vocais), John Lennon (guitarra e vocais), Ringo Starr (bateria e vocais) e George Harrison (guitarra e vocais), se separou em 1970, mas continua sendo uma das bandas mais populares de todos os tempos. E a febre da Beatlemania continua com força total.

Overview

Os Beatles foram possivelmente o maior fenômeno da música mundial. Conquistaram multidões por onde passaram, colecionaram hits de sucesso e revolucionaram o cenário musical. O quarteto formado em Liverpool, Inglaterra, por Paul McCartney (baixo e vocais), John Lennon (guitarra e vocais), Ringo Starr (bateria e vocais) e George Harrison (guitarra e vocais), se separou em 1970, mas continua sendo uma das bandas mais populares de todos os tempos. E a febre da Beatlemania continua com força total.

Onde fica Strawberry fields?

Christopher Furlong/Getty Images News/Getty Images

A canção “Strawberry Fields forever”, um dos maiores clássicos do quarteto, faz referência a um lar de crianças do Exército da Salvação que ficava próximo à casa de Lennon, em Woolton, chamado Strawberry Fields. Na infância, John costumava brincar lá com seus amigos. A música trata da nostalgia de John pelos tempos de criança misturada à psicodelia do momento que o músico vivia. Ele chegou a comentar que “Strawberry Fields forever”, junto a “Help” foram as únicas canções “de verdade” que ele escreveu. O muro do orfanato é um dos pontos mais visitados pelos fãs para prestar homenagens ao grupo.

Quase reais no Madame Tussaud

Koichi Kamoshida/Getty Images Entertainment/Getty Images

No Museu Madame Tussaud é possível ver réplicas assustadoramente realistas dos quatro garotos de Liverpool feitas de cera. Nas várias filiais do museu, é possível ver os Beatles em diferentes posições e com figurinos distintos. Em Blackpool, Inglaterra, as réplicas imitam a famosa cena da capa do disco “Abbey Road”, onde os quatro estão cruzando uma rua em fila indiana. Em Nova Iorque, Estados Unidos, eles aparecem como se estivessem prestes a tocar. Já em Tóquio, Japão, vemos os quatro em seus famosos ternos.

Homenagem cinematográfica

Scott Wintrow/Getty Images Entertainment/Getty Images

Inspirado livremente em canções dos Beatles, o longa “Across the universe” (2007) se consagrou como umas das maiores homenagens ao trabalho dos “fab four”. Das mãos da diretora Julie Taymor, com roteiro de Dick Clement e Ian La Frenais, saiu um belo filme musical que consegue de maneira consistente amarrar uma série de músicas dos Beatles para construir uma historia única. Ambientado nos anos 1960, traz romance, experimentação, a guerra do Vietnã (a qual os Beatles eram abertamente contra), entre outros temas recorrentes de suas canções.

Durma com os Beatles

Christopher Furlong/Getty Images News/Getty Images

Na cidade natal dos Beatles, Liverpool, Inglaterra, foi criado, em 2008, o primeiro hotel inspirado na obra do quarteto, o “Hard Days Night”. O hotel quatro estrelas oferece acomodações luxuosas, com decoração exclusiva repleta de imagens e referências ao grupo. Instalado em um edifício de 1884, totalmente restaurado, o hotel conta com 110 quartos, em quatro categorias: luxury, deluxe, suíte Lennon e suíte McCartney (as duas últimas são as mais exclusivas, como se pode imaginar). Para os que só estão de passagem, oferece também o restaurante Blake’s, uma ótima desculpa para visitar o hotel.

Cirque du Soleil visita os Beatles

Jason Merritt/Getty Images Entertainment/Getty Images

O espetáculo “Love”, do grupo de circo performático canadense “Cirque Du Soleil”, celebra o legado dos Beatles em uma mistura única de artes circenses, pirotecnia e efeitos especiais. No palco, 60 artistas internacionais realizam audaciosas acrobacias ao som das gravações originais dos Beatles nos estúdios Abbey Road. A ideia, segundo o diretor do espetáculo, Dominic Champagne, foi criar uma experiência com os Beatles, não simplesmente contar uma história sobre eles, levando o público em uma jornada emocional por paisagens e experiências que marcaram a história do grupo.

Para colecionadores

Stephen Chernin/Getty Images News/Getty Images

No site www.beatlesautographs.com, é possível encontrar uma variedade de itens autografados dos Beatles, como fotos, livros, pôsteres e discos. Cada item vem com uma carta de autenticidade, assinada por Frank Caiazzo, uma das maiores autoridades em caligrafia dos Beatles, que já prestou consultoria a grandes casas de leilão, como a Sotheby’s e a Christie’s, na venda de objetos dos integrantes da banda.

Museu Beatle em Buenos Aires

Mario Tama/Getty Images News/Getty Images

O maior colecionador de objetos dos Beatles ou relacionados a eles é o argentino Rodolfo Vasquez. Sua coleção com 7.700 itens foi reconhecida pelo Livro dos Recordes Guinness como a maior do mundo, em 2011. Nesse mesmo ano, Vasquez inaugurou no The Cavern, bar temático dos Beatles em Buenos Aires, o "Museo Beatle" onde boa parte da coleção está disponível para visitação. Entre coisas mais comuns, como fotos, discos e entradas de shows, há também um tijolo do “The Cavern” original – bar em Liverpool onde os garotos começaram a carreira – demolido em 1983.

Festival de música 100% Beatle

David Maxwell/Getty Images Entertainment/Getty Images

O “Abbey Road on the River Beatlemania Festival” é uma grande homenagem à herança musical dos “fab four”. Realizado desde 2002, o evento reúne bandas de vários países que fazem coveres dos Beatles. O festival tem viajado pelos Estados Unidos, sempre atraindo milhares de fãs saudosistas para conferir os clássicos dos garotos de Liverpool.

Celebração da paz

Stephen Chernin/Getty Images News/Getty Images

No Central Parque, em Nova Iorque, foi feito um memorial a John Lennon, inaugurado em 1985, quando o músico faria 45 anos. O local, batizado de Strawberry Fiels, é considerado um símbolo de sua luta pela paz, por isso ali foi colocada uma placa de bronze, em que 121 países reconhecem o lugar como um “Jardim da Paz”. Localizado em uma área tranquila do parque onde ele costumava brincar com seus filhos, o memorial é um grande mosaico escrito “Imagine”, em referência a uma das canções mais emblemáticas de sua luta pacifista.

Mais recentes

×