Como combater a pequena borboleta da couve

••• Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

Quando as pequenas borboletas da couve aparecem, elas podem ser um sinal de que a primavera está chegando, mas essa espécie de borboleta nem sempre é bem-vinda nos canteiros de plantas. Esses insetos são uma das pragas mais comuns em plantações. A pequena borboleta da couve ataca os pés de couve e outras plantas da família da mostarda. Além disso, elas põem ovos nas couves que posteriormente eclodem, liberando lagartas que causam danos consideráveis à planta. Tome algumas medidas simples e de baixo custo para ajudar a combater esse tipo de praga.

Passo 1

Plante o cravo-de-defunto (Tagetes patula) ou as margaridas (Calendula officinalis) entre os pés de couve. Plante-as com um espaçamento de pelo menos 45 cm de distância das couves, para dar espaço para ambas as plantas crescerem.

Passo 2

Plante o endro ou a sálvia próximos aos pés de couve. O endro deve ficar a pelo menos 45 cm de distância das couves e a sálvia a 60 cm, para deixar espaço para a planta crescer. Deixe o endro dar flores, porque elas atraem as vespas que se alimentam das lagartas da couve.

Passo 3

Corte tiras de sacolas plásticas brancas medindo aproximadamente entre 5 e 7,5 cm de comprimento e com 2,5 a 5 cm de largura. Amarre-as na ponta de varetas de bambu, de plástico ou de outro material em forma de uma gravata-borboleta. Depois finque as varetas em torno das couves para que as sacolas brancas fiquem com uma aparência semelhante às pequenas borboletas da couve. Essa técnica pode ajudar a espantar as borboletas de verdade.

Passo 4

Cubra toda a plantação de couve com uma tela de sombreamento branca totalmente à prova de insetos. Feche todas a extremidades da tela com terra ou com objetos pesados, como tijolos ou tubos de metal, para evitar que as borboletas entrem.

Mais recentes

×