Como cultivar um pé de comigo-ninguém-pode

••• Feuille de Dieffenbachia image by GUILLIN from Fotolia.com

A espécie Dieffenbachia perfecta, um tipo de comigo-ninguém-pode, é uma planta resistente e bonita que não exige cuidados extremos e pode ser cultivada em ambientes fechados. É bastante comum encontrarmos essa espécie em escritórios, porque é o tipo de planta que tolera climas mais secos. Basta um pouco de luz solar para que ela se desenvolva. As folhas dela crescem em talos, que ficam com até 45 cm de comprimento e 90 cm de largura, e atingem 1,80 m de altura. O maior problema que pode acontecer com esse tipo de comigo-ninguém-pode é a podridão das raízes, por causa de problemas de drenagem no solo.

Passo 1

Coloque a planta onde ela possa ficar o máximo possível exposta à luz solar. O melhor ponto é próximo a uma janela que receba a luz do sol do lado sul, especialmente durante o inverno. A comigo-ninguém-pode é capaz de se desenvolver bem com pouca luminosidade; porém, mais devagar. Além disso, as folhas não ficam muito coloridas nessas condições.

Passo 2

Certifique-se de que o vaso onde o pé de comigo-ninguém-pode está plantado está absorvendo a água da forma correta. Se os orifícios no fundo dele estiverem tampados, a água se aglomerará ao redor das raízes, que apodrecerão e darão mofo.

Passo 3

Regue bem a planta, mas deixe-a secar completamente antes de regar outra vez. Não é preciso molhá-la até você sentir a umidade até o segundo nó da base da planta quando tocar a terra com o dedo.

Passo 4

Regue a planta com fertilizante solúvel em água uma vez por mês. Dissolva uma quantidade média de fertilizante na água. Fique atento quanto a círculos de cor marrom aparecendo e se pontas das folhas estão enrolando, pois são sinais claros de que você exagerou na dose de fertilizante.

Passo 5

Arranque as folhas desbotadas ou que estão tendo dificuldades para se desenvolverem para manter a planta cheia e saudável. Se ela crescer exageradamente, corte uma parte dos talos para que eles possam crescer novamente.

Mais recentes

×