Como cultivar orquídeas no esterco

••• Photos.com/Photos.com/Getty Images

As orquídeas crescem extremamente bem quando plantadas no esterco -- esterco de cavalo, para ser específico. Os elementos no interior do esterco fornecem os nutrientes certos para garantir o florescimento das plantas por períodos mais longos e são mais saudáveis e muito mais fortes. O esterco não requer compostagem. Quanto mais fresco o esterco for, melhor será para as plantas. Existem elementos solúveis no esterco de cavalo, de forma que, independente de quando as plantas forem aguadas, recebem alimentação automática.

Passo 1

Junte um pouco de esterco de cavalo, fresco dos estábulos ou de um padoque onde os animais são mantidos. O jeito mais fácil de coletar o esterco é com uma pá e um carrinho de mão.

Passo 2

Coloque algumas pedras ou pedaços de cascalho em um vaso de flores e alguns pedaços de esterco por cima até que aproximadamente um quarto do vaso esteja cheio. Não há necessidade de alterar o esterco de qualquer forma antes de colocá-lo no vaso; apenas adicione os pedaços da forma como foram encontrados.

Passo 3

Segure o bulbo de orquídea sobre o vaso, de modo que as raízes fiquem penduradas, e continue adicionando esterco em volta. O resultado será que as raízes ficarão entremeio o esterco com o bulbo exposto no topo.

Passo 4

Adicione uma camada de palha com cerca de 2 cm de grossura feita de musgo ou casca de árvore. A palha previne ervas daninhas e mantém uma boa temperatura no vaso.

Passo 5

Águe o bulbo suavemente, garantindo que a água seque completamente. As orquídeas não crescem quando plantadas em uma poça de água, então não coloque nenhum recipiente sob o vaso para captar a água. Regue suavemente todos os dias, de modo que o esterco fique sempre úmido.

Mais recentes

×