Como diferenciar dor de gases de dor cardíaca

••• Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

A dor no peito pode ser ocasionada por infecções, doenças ou ansiedade, mas também pode ser um simples problema abdominal, como gases, especialmente se a dor for sentida no lado esquerdo do peito. Como mais de um milhão de pessoas têm ataques cardíacos todos os anos, e quase metade deles são fatais, é preciso avaliar a dor no peito com cuidado, segundo o órgão americano National Heart Lung and Blood Institute. Apesar de não serem sérios, os gases são desconfortáveis. A maioria das pessoas gera até 2 litros de gases por dia e os eliminam, seja voluntária ou involuntariamente, através de arrotos ou flatulências, mais de 10 vezes ao dia.

Sintomas de gases

Passo 1

Ryan McVay/Digital Vision/Getty Images

Avalie os sintomas gastrointestinais e perceba onde está o desconforto, se a dor é nova ou se é recorrente. As dores abdominais podem ser agudas e muito intensas. Você também pode sentir vontade de arrotar ou soltar gases.

Passo 2

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Anote o que comeu recentemente e tente evitar o consumo de alimentos que causem gases. Se tiver intolerância à lactose e tiver comido uma refeição cheia de laticínios, você pode ter desconfortos abdominais de 30 minutos a duas horas após comer. Bebidas gaseificadas, massas, batatas, milho, feijão, repolho, brócolis e maçã causam gases no processo da digestão.

Passo 3

Creatas Images/Creatas/Getty Images

Determine se você tem algum outro sintoma físico, observando também a duração, em caso positivo. Falta de ar, sudorese e dor no braço ou na mandíbula não costumam estar associados a gases. Febre e vômito podem indicar algo mais grave do que apenas estômago ruim ou virose.

Sintomas de ataque cardíaco

Passo 1

Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images

Leia o histórico médico de sua família para procurar problemas cardíacos. Se tiver parentes imediatos com essas doenças, avise a outras pessoas próximas a você. Muitas mortes ocorrem 60 minutos após a manifestação dos sintomas.

Passo 2

Visage/Stockbyte/Getty Images

Pense se sua vida é o motivo dos problemas cardíacos. Suas chances de infarto aumentam se você estiver acima do peso, for sedentário, diabético, tiver colesterol ou pressão alta ou fumar. O risco também aumenta com a idade — 45 para homens e 55 para mulheres.

Passo 3

Polka Dot Images/Polka Dot/Getty Images

Conheça os sintomas físicos de um ataque cardíaco. Pressão e sensações de apertar ou espremer o peito que persistam por mais de alguns minutos e irradiem para os braços, em especial, o esquerdo, ombros ou mandíbula podem indicar um ataque cardíaco. Ligue para a emergência caso se sinta tonto, com falta de ar, suar frio ou tiver náuseas.

Mais recentes

×