×
Loading ...

Efeitos colaterais de ivermectina e doramectina em cães

A ivermectina e a doramectina são medicamentos anti-parasíticos; porém, a ivermectina é ministrada em cães e gatos, enquanto a doramectina é recomendada para o uso em ovelhas, gado e elefantes. Em cães, a ivermectina possui uma variedade de usos, incluindo ácaros, sarnas, tênias e outros vermes. Também pode ser usado como preventivo contra vermes do coração. Por sua vez, a doramectina ainda passa por vários testes para o uso em cães, de modo que há muito pouca informação disponível sobre a segurança e a eficácia deste tratamento.

A ivermectina não é recomendada para certas raças (collie image by Ivonne Wierink from Fotolia.com)

Reações alérgicas

As reações alérgicas são um possível efeito colateral e podem ocorrer devido à própria medicação ou os parasitas moribundos. Os sintomas de uma reação alérgica incluem membros frios, diarreia, inchaço facial, gengivas pálidas, vômitos, coceiras, convulsões e coma.

Loading...

Vômitos e diarreia

Vômitos e diarreia são efeitos colaterais comuns de vários medicamentos, incluindo a ivermectina. Embora um caso isolado não seja motivo para preocupações, um veterinário deve ser consultado em caso de persistência. Vômitos e diarreia excessivos podem causar desidratação ou mesmo a morte, se não tratados.

Salivação

A salivação não é incomum na administração de medicamentos.

Mudanças de comportamento

Uma variedade de alterações comportamentais pode ser percebida, variando com cada cão. Alguns podem tornar-se indiferentes ou letárgicos, enquanto outros podem parecer depressivos e apresentar perda de apetite.

Fraqueza

Em cães, uma certa fraqueza pode ser notada nas horas seguintes ao uso da ivermectina. A severidade desta condição varia em cada caso, e alguns cães podem ficar incapazes de levantar-se ou mover-se, enquanto outros podem sofrer paralisia dos membros.

Respiração

Mudanças respiratórias podem ocorrer, como uma desaceleração.

Reações neurológicas

Em casos severos, alguns efeitos neurológicos podem ser percebidos. Eles podem incluir tremores musculares, convulsões ou coma. Se qualquer um destes ocorrer, cuidados veterinários de emergência devem ser acionados imediatamente.

Superdosagem

Se quantidades excessivas de medicamento forem ministradas, uma superdosagem pode ocorrer. Em cachorros, seus sintomas incluem fraqueza, desorientação, tremores, tropeços e cegueira.

Aviso sobre a ivermectina

A ivermectina não é recomendada para uso em várias raças de pastores, como Collies, Pastores de Shetland, Border Collies ou Pastores Ingleses. Sua toxicidade é comum devido à sensibilidade destas raças. Reações nestes cães podem variar, sendo amenas ou severas.

Doramectina

Em um artigo escrito por Kethy Tater, DVM e Adam Patterson, DVM, a eficácia da doramectina na prevenção, no tratamento ou no controle de parasitas em cães ainda não foi comprovada. O Pfizer Animal Health também alerta que a doramectina não deva ser usada em cães, sob risco de morte súbita.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...