Como eliminar samambaias

••• Photos.com/Photos.com/Getty Images

As samambaias são comuns em muitas partes do mundo. Elas são plantas de longas hastes que podem crescer de 30 cm a 1,80 m de altura. Os fetos se espalham por rizomas e se reproduzem dos esporos transportados no esporângios no lado inferior das folhas. As folhas da samambaia têm de cerca de 3 m de comprimento e forma triangular. É muito difícil se livrar da planta, especialmente se os esporos foram soltos. Cada fronde fértil pode produzir até 300 milhões de esporos. A remoção delas é importante nas áreas rurais, porque ela é venenosa para cavalos e pode matá-los. Outros animais também apresentam sinais de doença após a ingestão da planta.

Passo 1

Corte ou apare as folhas antes que elas produzam esporos maduros. Eles são marrons quando maduros e estão prontos para se dispersar durante a temporada. A samambaia não produz esporos maduros até a sua terceira ou quarta estação, então é importante cortar as plantas jovens para evitar a dispersão dos esporos. Rastele e destrua as folhas.

Passo 2

Corte a segunda geração dos brotos que se desenvolvem após a remoção de todas as folhas. Limitar sempre a habilidade da planta de produzir alimento através da fotossíntese irá eventualmente enfraquecê-la e matar as raízes e rizomas.

Passo 3

Desenterre as plantas e os rizomas nas áreas menos infestadas. Os rizomas irão estar em abundância, então uma considerável escavação será necessária para retirar todos eles. Isso não é prático em áreas aonde há uma população significante de samambaias.

Passo 4

Misture o herbicida sistêmico de glifosato para controle de samambaias. Ele atinge o sistema vascular da planta e mata-a por dentro. O glifosato não é seletivo, então tenha cuidado sobre aquilo que se borrifa e evite aplicar em condições de ventos, que podem fazer as borrifadas espirrarem em plantas que não eram alvo. Siga as instruções para a quantidade na garrafa e misture em um pulverizador costal com a quantia recomendada de água. Passe uma mão de borrifada da mistura em cada samambaia.

Mais recentes

×