Como encontrar o ponto de meia-titulação através de um gráfico

••• Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images

A adição de quantidades controladas de um ácido ou uma base a uma amostra básica ou ácida enquanto se monitora o pH da solução resulta nas informações necessárias para a construção de um gráfico, chamado de "curva de titulação". A curva de titulação de um ácido ilustra a forma como o pH da solução varia de acordo com a quantidade de base adicionada, aproximando-se do ponto onde a quantidade de base adicionada se iguala à quantidade de ácido presente na amostra. O ponto de equivalência de uma titulação é representado pelo momento em que a adição de um pequeno volume de base causa uma mudança brusca no pH da solução. O ponto de meia-titulação equivale à metade do volume necessário para encontrar o ponto de equivalência.

Passo 1

Desenhe os eixos da curva de titulação no papel milimetrado, escolhendo o pH da solução como eixo y e o volume de base adicionada como eixo x.

Passo 2

Marque os pontos com os valores encontrados após cada adição de base durante a titulação. Para um ácido mono-protonado, a curva de titulação clássica apresenta uma região em que o pH cresce lentamente após a adição da base, seguida por uma área mais íngrime, próxima ao ponto de equivalência e, finalmente, uma última região onde o pH muda lentamente quando mais base é adicionada.

Passo 3

Identifique o ponto de equivalência da titulação. Ele representa o volume e o pH nos quais a quantidade de base adicionada à solução equivale à quantidade de ácido presente no início da titulação.

Passo 4

Divida o volume necessário para chegar ao ponto de equivalência por dois para encontrar o ponto de meia-titulação. Nesse ponto, o pH será igual ao pKa do ácido presente na amostra.

Mais recentes

×