Como escolher uma raça de cachorro

••• Brand X Pictures/Stockbyte/Getty Images

Escolher a raça (ou mistura de raças) certa significa reservar algum tempo para uma autorreflexão. Os cães existem em todos os tamanhos, cores e tipos de pelo, mas o cachorro perfeito deve combinar com seu estilo de vida e com suas expectativas. Você deve considerar se a raça será compatível com seus familiares e outros animais de estimação. Além disso, pergunte-se se você pode investir tempo e dinheiro nas necessidades específicas que tal raça provavelmente terá.

Overview

Escolher a raça (ou mistura de raças) certa significa reservar algum tempo para uma autorreflexão. Os cães existem em todos os tamanhos, cores e tipos de pelo, mas o cachorro perfeito deve combinar com seu estilo de vida e com suas expectativas. Você deve considerar se a raça será compatível com seus familiares e outros animais de estimação. Além disso, pergunte-se se você pode investir tempo e dinheiro nas necessidades específicas que tal raça provavelmente terá.

Para a família

Getty Images

Se estiver procurando por um cachorro que possa entreter crianças ativas e desenvolver-se em uma casa cheia, Nancy McMahan, conselheira de adoção de animais de estimação nos Estados Unidos, sugere um buldogue ou alguma mistura de raças semelhantes. "Esses cães muitas vezes têm uma má reputação", conta Nancy, "mas, na minha experiência, são alguns dos melhores animais para crianças". Ela cita sua teimosia e paciência para brincadeiras mais pesadas, além de sua lealdade e amor pelas crianças. Outras raças que tendem a se acostumar com famílias ativas são os beagles, labradores e são-bernardos.

Protetores

Getty Images

Praticamente qualquer raça ou mistura de raças tentará proteger a casa e a família. Contudo, se fornecer proteção é uma das suas maiores prioridades para a nova companhia, existem certas raças que podem combinar melhor com você. Os rottweilers e dobermans são escolhas excelentes para proteção e são conhecidos por serem ferozmente leais aos seus guardiões. Pastores-alemães e staffordshire terriers são outras raças a se considerar quando se está procurando por um protetor que também seja parte da família.

Parte do grupo

Getty Images

Se quiser acrescentar mais um bichinho a uma família com outros animais de estimação, uma das considerações mais importantes é saber que raças são mais propensas a conviver com outros animais. Entre as raças que Nancy recomenda estão o galgo italiano, o beagle e o coonhound preto e castanho. Outras raças a se considerar quando já se tem outros animais incluem os labradores e golden retrievers e, caso queira uma raça menor, o shih tzu e o cavalier king charles spaniel.

Preguiçosos

Getty Images

Se estiver procurando por um amigo que adore se aconchegar a você no sofá, Nancy tem uma sugestão surpreendente: os galgos. Embora eles possam chegar a 30 kg, são boas companhias para pessoas que moram em cidades grandes e em apartamentos, segundo ela, pois não precisam fazer muito exercício. Do bulmastife com mais de 50 kg ao pug de 7 kg, existem raças de todos os tamanhos que são companhias perfeitas para pessoas com um estilo de vida menos ativo.

Parceiro de corrida

Getty Images

Se quiser um parceiro de corrida, procure raças que gostam de correr tanto quanto você. O cachorro perfeito vai tirá-lo de casa até mesmo naquelas manhãs frias quando você não quer se exercitar. A escolha preferida de Nancy para corredores é o dálmata ou misturas com dálmata. Essa raça foi literalmente criada para correr e vai acompanhá-lo até mesmo em uma maratona. Pastores-australianos, border collies e outras raças de pastoreio são boas opções. Para uma companhia menor, considere o jack russell terrier.

Companhia para aventuras

Getty Images

Se estiver procurando uma companhia para caminhadas e acampamentos, opte por raças maiores e mais robustas que vão adorar o seu estilo de vida. A melhor escolha, segundo Nancy, é o labrador e misturas com labradores. "Esses cães combinam bem com muitas categorias diferentes", diz ela. Uma boa escolha em climas mais frios é o husky. Collies, pointers ingleses e pastores-alemães também combinam bem com esse estilo de vida. Para um aventureiro em busca de uma companhia um pouco menor, Nancy sugere um boiadeiro australiano.

Companheiros baratos

Getty Images

Ter um amigo canino é caro. Existem despesas com cuidados rotineiros, alimentação e banho e tosa. Isso sem contar as possíveis despesas veterinárias de emergência ou com aquele novo par de sapatos que acabou de ser roído. Se você sabe que está meio apertado, existem raças que provavelmente custarão menos. Procure cães de porte médio. Eles tendem a ter menos problemas médicos do que os gigantes ou os pequeninos. Procure também por raças com pelos mais curtos, que precisam de menos cuidados de banho e tosa. Duas sugestões para pessoas com orçamentos apertados são o beagle e o boiadeiro australiano.

Companheiro sem alergias

Apple Tree House/Photodisc/Getty Images

Para pessoas com alergias, existem várias raças que são menos propensas a agravar os sintomas. Nancy revela não acreditar muito em cães hipoalergênicos, mas certas raças tendem a fazer menos pessoas espirrarem. Por causa disso, ela enfatiza que pessoas com alergias devem passar algum tempo com o cão que pretendem adotar para saber se o contato com aquele cachorro específico causará uma crise ou não. Entre as sugestões estão os podões e os schnauzers, que estão disponíveis em vários tamanhos diferentes. Outras opções incluem o yorkshire terrier, o cão d'água irlandês e o samoieda.

Mais recentes

×