Como escrever uma carta profissional para um juiz

Muitas pessoas se encontram em uma posição em que precisam escrever uma carta profissional para um juiz. Divorciados frequentemente precisam se dirigir ao juiz para falar a respeito do apoio aos filhos ou outras questões, autores e réus em processos judiciais costumam encaminhar problemas ao juiz através de uma carta profissional e aqueles que estão sendo acusados ​​de um crime podem procurar cartas profissionais que atestem seu bom caráter. Uma carta pode fazer uma enorme diferença em um caso, por isso deve usar a gramática apropriada e se dirigir ao juiz da forma correta.

Passo 1

Insira o seu nome completo na primeira linha com o cursor no lado esquerdo da página.

Passo 2

Escreva seu endereço na linha seguinte.

Passo 3

Na próxima linha, escreva sua cidade, estado e CEP.

Passo 4

Deixe uma linha em branco abaixo do endereço.

Passo 5

Digite a data no seguinte formato: 20 de abril de 2011.

Passo 6

Deixe uma linha em branco abaixo da data.

Passo 7

Enderece a carta ao "Excelentíssimo Senhor Juiz Federal de (local da jurisdição), Sr. (nome completo)" para um juiz federal ou "Excelentíssimo Senhor Juiz de (nome da vara ou do local da jurisdição), Sr. (nome completo)" para juízes locais ou estaduais.

Passo 8

Digite o endereço do tribunal na linha seguinte.

Passo 9

Na próxima linha, digite a cidade, estado e CEP do tribunal.

Passo 10

Deixe uma linha em branco abaixo do endereço do tribunal.

Passo 11

Escreva "Caro Juiz Sobrenome" na linha seguinte, de modo a se remeter ao juiz da seguinte maneira: "Caro Juiz Matos", seguido por uma vírgula.

Passo 12

Deixe uma linha em branco após se remeter ao juiz.

Passo 13

Declare seu papel no caso e o nome ou número do caso. Por exemplo, essa frase pode ser escrita assim: "Sou o réu no caso de divórcio de Teixeira contra Teixeira".

Passo 14

Declare seu propósito ao escrever a carta. Por exemplo, esta frase pode ser escrita: "Estou escrevendo para requerer a custódia temporária de meus dois filhos".

Passo 15

Deixe uma linha em branco.

Passo 16

Escreva o que você tem a dizer ao juiz de uma maneira franca e respeitosa. Inclua quaisquer pensamentos de apoio, opiniões ou exemplos. Mantenha o tamanho da carta de uma a três páginas, deixando linhas em branco entre os parágrafos.

Passo 17

Insira uma linha em branco após o parágrafo final e termine a carta com "Respeitosamente," seguido por uma linha em branco para sua assinatura.

Passo 18

Digite seu nome completo.

Passo 19

Digite sua data de nascimento na linha seguinte.

Passo 20

Imprima a carta e assine acima do local onde seu nome está impresso.

Passo 21

Faça sete cópias de sua carta.

Passo 22

Dê uma cópia ao seu advogado (ou ao advogado da pessoa para quem você está escrevendo a carta).

Passo 23

Entregue uma cópia da carta ao advogado da outra parte no dia da audiência. Por exemplo, se você é o réu em um caso, dê ao promotor uma cópia da carta.

Passo 24

Forneça uma cópia da carta ao seu oficial de condicional, se você está em liberdade condicional.

Mais recentes

×