×
Loading ...

O habitat natural do avestruz

O avestruz é a maior e mais pesada ave de nosso planeta. Ele não pode voar e depende de suas adaptações evolutivas para sobreviver. De acordo com o site do zoológico de San Diego, só é encontrado na África, pode chegar a pesar 130 kg e com uma altura de 2,4 a 2,7 m. Embora não possa voar, tem visão acurada e é capaz de correr a até 70 km/h para escapar dos perigos que se apresentam em seu meio.

Os avestruzes vivem tanto nas planícies áridas quanto nas pradarias da África (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

Distribuição geográfica

As quatro diferentes subespécies de avestruz habitam a África subsaariana. O avestruz do norte da África reside em um estreito do norte do subcontinente que se estende da costa ocidental até áreas da África oriental. Os avestruzes somali e masai habitam a parte oriental -- o somali reside um pouco ao norte do último, na região conhecida como "chifre da África". O avestruz sul-africano, por sua vez, vive no extremo sudoeste do continente.

Loading...
Avestruzes no Quênia (Anup Shah/Photodisc/Getty Images)

Habitat

Os bosques cobertos de gramíneas, as savanas e as planícies semiáridas do continente são alguns dos cenários onde o avestruz pode ser visto. Por ser incapaz de voar, ele não pode sobreviver em um ecossistema tropical com floresta densa, pois ali não teria o espaço necessário para correr e escapar do perigo e a cobertura vegetal atrapalharia sua visão. As fortes pernas do animal permitem que ele escape de vários predadores, que são visíveis de longe no habitat aberto.

Avestruzes na grama (Anup Shah/Photodisc/Getty Images)

Ruminantes

O avestruz é um animal nômade que deve se deslocar para encontrar alimento -- bagas, gramíneas, sementes e insetos -- e sobreviver. Embora haja algum líquido nas plantas consumidas, ele também precisa de uma fonte durável de água para beber. Por essa razão, os avestruzes convivem lado a lado com ruminantes como os elefantes e o antílope, que muitas vezes dependem dos sentidos aguçados da ave para serem alertados sobre eventuais perigos.

Avestruz pastando (Anup Shah/Photodisc/Getty Images)

Função

Os cílios grossos protegem os olhos do avestruz contra a poeira e os detritos carregados pelo vento, o que permite que ele resista a tempestades de areia e a ventos fortes em regiões secas. As asas são curtas, servem apenas para rituais de acasalamento e para prover equilíbrio enquanto o animal corre. Suas patas têm apenas dois dedos, o que dá mais velocidade, e o pescoço comprido ajuda a visualizar, nos arredores, predadores como o leão e o leopardo. Eles vivem em grupos para se proteger, pois isso facilita detectar eventuais ameaças.

Um avestruz de perfil (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

Lendas

Não é verdade que o avestruz enterra a cabeça no solo quando está em perigo. Quando não é possível escapar correndo, ele pode se defender com chutes mortais. Essa lenda tem suas origens na observação de avestruzes que se agacham no chão para não serem detectados. Essa posição dificulta distinguir o pescoço e a cabeça do chão de areia, dando a impressão a algumas pessoas de que o animal está enterrando a cabeça no solo e apostando na sorte.

Um avestruz camuflado (Anup Shah/Photodisc/Getty Images)
Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...