Como identificar uma fratura na costela

•••

Uma costela quebrada é uma possibilidade sempre que uma pessoa tiver recebido uma forte pancada no peito e estiver sentindo muita dor na região. Procure pelos sinais seguintes como indicadores da severidade da lesão.

Fratura simples da costela

Passo 1

Delicadamente, toque a área do peito que sofreu a pancada. A pessoa machucada vai reclamar de uma intensa sensibilidade no local da fratura se uma ou mais costelas estiverem quebradas.

Passo 2

Peça à pessoa machucada que respire profundamente ou tussa: ele ou ela sentem uma intensa dor aguda? Se sim, é possível que haja uma fratura.

Passo 3

Procure pelos seguintes sinais e sintomas adicionais: deformidades ou descoloração ao redor da região do peito; respiração superficial para minimizar a dor; respiração acelerada. A presença de qualquer um desses sinais pode indicar uma costela fraturada.

Passo 4

Diminua a liberdade de movimentos no lado da fratura usando um dos seguintes métodos: imobilize o lado fraturado com quatro ou cinco pedaços de fita adesiva, indo do esterno em direção à coluna; aplique um curativo elástico ao redor de todo o peito; use um sling e faixa para imobilizar o braço no lado machucado; ou, ainda, fixe uma sacola cheia de roupas frouxamente ao lado machucado do peito. Procure informações sobre como tratar uma fratura na costela.

Passo 5

Administre ibuprofeno, paracetamol (acetaminofeno) ou naproxeno sódico para aliviar a dor.

Passo 6

Peça para que a pessoa machucada tussa frequentemente, apesar da dor, para evitar que secreções se acumulem no pulmão, causando pneumonia.

Passo 7

Evacue imediatamente, monitorando dificuldades na respiração. A pessoa machucada pode ser capaz de andar se não houver sinais de estresse respiratório.

Fraturas graves e peito afundado

Passo 1

Procure por sinais de estresse respiratório imediatamente após um impacto forte no peito: respiração rápida e superficial; batimentos cardíacos acelerados; um tom azulado ao redor do nariz e da boca; respiração não detectável.

Passo 2

Procure por sinais de um pulmão perfurado: dificuldade aumentada de respirar; tosse com sangue.

Passo 3

Coloque uma mão em cada lado do peito machucado da pessoa e observe a maneira com que o peito se move a cada inalação. Se um lado do peito se levanta durante a inspiração, enquanto o outro permanece afundado, pelo menos três costelas foram quebradas no lado que permanece afundado.

Passo 4

Inicie o tratamento imediatamente se a pessoa parece ter um pulmão perfurado ou fraturas múltiplas. O melhor tratamento é rolar a pessoa sobre o lado machucado e colocar um pedaço enrolado de tecido sob a área fraturada para apoiá-la.

Passo 5

Evacue imediatamente, monitorando o estresse respiratório. A pessoa não será capaz de andar e precisará ser carregada em uma prancha ou maca ou, ainda, transportada de helicóptero.

Mais recentes

×