Como medir um pulso apical

••• Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images

Uma das medidas de saúde primárias utilizadas pelos profissionais são os sinais vitais de um paciente. Tais sinais incluem a temperatura, a pressão arterial, a respiração e o pulso. O pulso pode ser medido através de vários métodos diferentes, incluindo o pulso radial (o pulso medido pelo seu pulso) e pulso apical (medido perto do coração com um estetoscópio). Se um pulso radial é anormal ou parece pular uma batida, o pulso apical deve ser medido. O método mais confiável de medição de pulso é ouvir o pulso apical. Na avaliação deste, o médico é capaz de medir de forma confiável a taxa e ritmo de batimentos cardíacos do paciente.

Passo 1

Dê privacidade ao paciente. Auxilie-o a sentar-se ou assumir uma posição semisentada. Exponha o peito do paciente.

Passo 2

Examine o peito para encontrar os pontos anatômicos para a colocação adequada do estetoscópio. Localize o primeiro espaço intercostal, no lado esquerdo do peito, que é o espaço entre a primeira e a segunda costela. Conte até encontrar o quinto espaço intercostal, entre a quinta e a sexta costela. Desenhe uma linha reta do mamilo até o quinto espaço intercostal, que é onde você colocará a ponta do estetoscópio.

Passo 3

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Use sua mão para aquecer o diafragma do estetoscópio, que é o lado plano do disco do estetoscópio. Coloque-o no local previamente designado. Ouça o batimento cardíaco. O coração bate com dois sons distintos (lub-dub). Cada conjunto de sons (lub-dub) é um batimento cardíaco.

Passo 4

Conte os batimentos cardíacos por 60 segundos usando o seu relógio. Enquanto ouvir o batimento cardíaco, observe eventuais discrepâncias na taxa ou no ritmo. No final desse período, você terá medido com precisão o pulso apical do paciente.

Mais recentes

×