×
Loading ...

Como ler o alcance de ohms em um multímetro

Um multímetro é um dispositivo de teste eletrônico que permite a medição de volts, corrente e resistência. A resistência é medida em ohms, kilohm (milhares de ohms) e megohms (milhões de ohms). Um multímetro contém um mostrador que pode ser configurado para medir qualquer uma destas denominações de ohms, e o dispositivo irá exibir o número de ohms com precisão se a marcação estiver definida para a denominação correta do dispositivo. Sabendo como os dígitos são exibidos na tela, será possível ler o número exato de ohms que um dispositivo medido contém.

Instruções

Saber a posição dos dígitos em um multímetro permite uma leitura precisa dos valores (multimeter image by dinostock from Fotolia.com)
  1. Analise o item para definir qual resistência deve ser medida. Se possível, consulte um diagrama esquemático eletrônico da unidade para determinar o valor total de resistência que o componente deve exibir quando estiver sendo medido.

    Loading...
  2. Ajuste o multímetro para medir "200 ohms" no mostrador se o valor de ohms do componente for inferior a 200. Toque as pontas dos cabos do componente (fios), sendo uma sonda sobre o cabo de cada lado do componente, e olhe para o visor. Quando ajustado para "ohms", o dígito à esquerda da vírgula decimal mostrará ohms inteiros. O primeiro dígito à direita será décimos de um ohm. Se a medição de um componente for de 150 1/2 ohms, o medidor mostrará 150,5. Esta opção deve ser lida como "cento e cinquenta ohms e meio".

  3. Ajuste o multímetro para a configuração "2K" (um kilohms) no mostrador se o componente tiver entre 1000 e 2000 ohms. O dígito à esquerda do decimal representa milhares inteiros de ohms, enquanto o primeiro dígito à direita do decimal representa centenas de ohms. O segundo dígito à direita do decimal representa dezenas de ohms, e o terceiro dígito à direita representa unidades de ohms. Por exemplo, se o multímetro lê 1,720 enquanto definido para medir milhares de ohms, isso seria lido como 1.720 (mil, setecentos e vinte) ohms.

  4. Ajuste o multímetro para "20K" (20000 ohms) se o componente cair entre 2K (dois mil) e 20K (vinte mil). Isso irá assegurar que os dígitos à esquerda da vírgula decimal sejam dezenas inteiras de ohms. O primeiro dígito à direita do decimal são centenas de ohms, e o segundo dígito à direita do decimal são unidades de ohms. Se o multímetro exibir 12,75 enquanto definido para medir até 20 kilohms (até 20000 ohms), então isso seria lido como 12.750 ohms, ou doze mil, setecentos e cinquenta ohms.

  5. Ajuste o multímetro para medir até 200K (200000 ohms) se o componente tiver entre 20000 e 200000 ohms. Os dois primeiros dígitos à esquerda do decimal representarão dezenas de milhares de ohms, enquanto o terceiro dígito à esquerda do ponto decimal irá representar centenas de milhares de ohms. O primeiro dígito à direita do decimal representará centenas de ohms, o segundo dígito à direita do decimal irá representar dezenas de ohms, e o terceiro dígito à direita, unidades de ohms. Assim, se o medidor ler 132.750, então isso significará que o componente tem 132.750 ohms.

  6. Ajuste o multímetro para "2M" (dois milhões de ohms) se o componente cai entre 200.000 e dois milhões de ohms. O dígito à esquerda do ponto decimal irá representar milhões de ohms. O primeiro dígito à direita do decimal irá representar centenas de milhares de ohms. O segundo dígito à direita do decimal irá representar centenas de ohms, e o terceiro dígito à direita do decimal irá representar dezenas de ohms. Se o medidor ler 1.750 enquanto definido como "2M", então isso seria lido como um milhão e setecentos e cinquenta mil ohms.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...