×
Loading ...

Lista dos répteis voadores

Fora de um livro de pré-história ou um conto fantástico de cavaleiros e dragões da Idade Média, vivemos em uma época em que os répteis não podem mais voar. Milhões de anos atrás, os grandes pterossauros -- répteis voadores de verdade -- patrulhavam os céus da Terra. Mesmo assim, hoje, um número de espécies de répteis chegam perto de voar utilizando uma incrível capacidade de planar usando adaptações evolutivas únicas.

O pesado pterossauro já não voa nos céus modernos (Peter Macdiarmid/Getty Images News/Getty Images)

Lagartos draco

Os lagartos draco são répteis pequenos e leves de cerca de 20 cm de comprimento, do nariz à cauda. Encontrados nas densas florestas das Filipinas, Índia e Sudeste da Ásias, eles são planadores adeptos. A espécie é capaz de abrir suas costelas alongadas em forma de asa, em ambas as laterais de seu corpo. Em seguida, pulam de um galho e podem planar até 9 m de árvore em árvore. Passam a maior parte de suas vidas na cobertura da floresta e somente as fêmeas descem à terra para pôr os ovos.

Loading...

Gecko voador

O gecko voador é um pequeno réptil, de cerca de 20 cm de comprimento, do nariz à cauda. São frequentemente encontrados nas ilhas e regiões continentais do sudeste Asiático. A espécie tem finas abas de pele ao longo das laterais de seu corpo e membranas entre os dedos dos pés. Usando as abas de pele e as membranas em seus pés, o gecko voador pode habilidosamente se atirar de uma árvore para outra, planando para um pouso seguro em distâncias de 6 a 9 m.

Lagarto de cauda azul neon

Medindo pouco mais de 25 cm, o lagarto de cauda azul neon é um pequeno réptil. É uma espécie colorida, com um corpo preto listrado de branco e uma calda azul. A espécie tem a capacidade de achatar seu corpo fino. A combinação de seu corpo leve e achatado permite que o lagarto salte de árvore em árvore, cobrindo distâncias de até 9,5 m. Essa espécie é encontrada em grande parte do continente africano, em áreas de florestas densas e espessas.

Cobra voadora

Encontrada no sudeste do continente Asiático e na maior parte das florestas de suas ilhas, a cobra voadora é uma criatura incomum. Ela não voa, na realidade, mas é capaz de planar longas distâncias. Medindo cerca de 1,2 m, essa espécie pode expandir sua caixa torácica e achatar o comprimento do seu corpo. A cobra cai de galhos e usa a combinação de seu corpo achatado e um movimento típico para planar para outra árvore. Algumas espécies de cobras voadoras foram vistas planando por uma distância de até 90 m.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...