O musgo é prejudicial a árvores frutíferas?

••• green moss on birch image by Kokhanchikov from Fotolia.com

O musgo verde é uma briófita que se reproduz por esporos. Ele é um grande colonizador e pode facilmente se adaptar a rochas, no solo ou em árvores. Esse musgo também cresce em árvores de um pomar, se as condições ambientais forem adequadas. Esse tipo de evento ocorre em lugares mais úmidos.

Musgos e líquens

Os musgos normalmente são associados aos líquens, que são uma combinação simbiótica de algas e fungos. Os líquens e os musgos podem ser encontrados crescendo juntos em rochas e árvores. Então, caso ache musgos crescendo em seu pomar, há uma grande chance de encontrar líquens junto a eles.

Geralmente benigno

Uma vez que o musgo não é parasitário, ele obterá nutrientes através da matéria orgânica acumulada na lateral do tronco. Uma forquilha na árvore onde água e material orgânico se acumulam é um outro lugar comum para encontrar essas plantas.

Ar de boa qualidade

the dense rain forest image by Elmo Palmer from Fotolia.com

O musgo e o líquen crescem apenas onde há ar de boa qualidade, então a presença dessas plantas no seu pomar revela a ausência de poluição do ar. Contudo, se a infestação de musgo for exagerada, poderá se preocupar com a presença de tanta matéria verde.

Danos provocados pelo vento

Musgo excessivo em galhos de uma árvore pequena, embora não parasitários, podem adicionar peso aos ramos, tornando-os mais suscetíveis aos danos provocados pelo vento, como a quebra. Se esse for o caso, a remoção do musgo é aconselhável. O outro problema que o musgo pode causar em árvores frutíferas é transformar a superfície delas em uma casa secundária para insetos que podem causar danos às árvores e aos frutos.

Remoção

Infelizmente, a melhor maneira de remover o musgo de um pomar é bastante trabalho e envolve escalar a árvore e retirá-lo com a mão. Claro que você pode usar uma escada ou andaime para alcançar o topo da árvore, mas não importa como você deseja fazer o trabalho, ele ainda será longo.

Mais recentes

×