×
Loading ...

Quem paga um dote?

A dote é um pagamento na forma de dinheiro, bens ou terra feito pela família da moça ao seu futuro marido ou à família dele. Este costume era popular na Europa medieval e renascentista e em partes do sul da Ásia e na África. A prática é uma característica das culturas patriarcais em que a mulher, após o casamento, se integra na família do marido e muitas vezes vive com eles. Neste sentido, o dote era sua contribuição para as finanças da nova família.

O dote é um costume tradicional de casamento em algumas culturas (Jupiterimages/Pixland/Getty Images)

O propósito do dote

Cabe à família da noiva pagar o dote como uma forma de garantir a proteção e o bom tratamento da moça pela família do marido. Sob essas condições, ele serve como um presente, com a condição de que ele será devolvido para a família da esposa se ​​o marido maltratá-la ou abusar dela de qualquer maneira. O dote também foi projetado para garantir a segurança financeira ou apoio para a mulher em caso de morte do marido, ou seja, uma forma de herança.

Loading...

No que consiste o dote?

Dinheiro, terras, gado, metais e pedras preciosas ou joias são as formas tradicionais de pagamento utilizado em um dote. As práticas contemporâneas vão desde automóveis e aparelhos domésticos a férias e casas.

Práticas modernas de dote

A prática de dar dotes saiu de moda na Europa nos séculos 19 e 20. A tradição continua a fazer parte da cultura em algumas partes da Ásia e da África, mesmo nos casos em que foram considerados ilegais, como na Índia, que aprovaram a Lei de Proibição de Dote em 1961 condenando o pagamento e o recebimento deles. Apesar de não se pensar nisso como um dote, a ideia que pagar pelo casamento é responsabilidade da família da noiva é uma tradição que tem suas raízes nesta prática. Na China, a lista de casamento é também conhecida como a "lista do dote", na qual espera-se que os pais ricos contribuam generosamente.

O lado negro do dote

Esta tradição tem sido associada a casos de abuso e assassinato na Índia, onde este sistema foi proibido em 1961. Há, no entanto, um mercado ilegal desenfreado de dotes e foram feitas afirmações de maridos assassinando suas esposas para poderem ficar livres, se casarem de novo e receberem outro dote. Um relatório de estatísticas do governo indiano de 2001 relaciona a morte de cerca de 7.000 mulheres a disputas de pagamento do dote.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...