×
Loading ...

Há problemas em comer linguiça apimentada durante a gravidez?

As linguiças apimentadas dão um toque especial em sopas e sanduíches e, quando preparadas corretamente, são seguras para comer durante a gravidez. Apesar de seguras, elas não são as opções mais saudáveis e podem contribuir para alguns desconfortos. Conheça o manuseio correto e os métodos de preparo para proteger você e o bebê, considerando alternativas mais brandas caso o tempero a afete.

Linguiças e temperos em uma tábua de corte (joannatkaczuk/iStock/Getty Images)

Evite a gordura e o sódio

Uma porção de 100 g de linguiça apimentada contém 27,3 g de gordura, das quais 9,7 g são saturadas. Apesar da gordura ser necessária na dieta durante a gravidez para o desenvolvimento do bebê, muita gordura não é saudável. Ela pode contribuir para um ganho de peso excessivo, portanto, limite o consumo. Converse com um médico para descobrir a quantidade apropriada de gordura para se manter saudável. A mesma porção contém 1,2 g de sódio, que é mais da metade das 2,3 g que você deve ingerir diariamente. Você ingerirá também um pouco de ferro, zinco e proteínas ao comer linguiça, todos nutrientes necessários durante a gravidez.

Loading...

Cuidado: listeria a vista

Comer uma linguiça mal passada é um perigo ainda maior do que as desvantagens nutricionais. Uma linguiça mal passada pode armazenar uma bactéria chamada de listeria, encontrada na água e no solo — os animais podem ser contaminados ao beberem água contaminada. Cozinhe a linguiça até uma temperatura interna de 70 °C para matar a bactéria, de acordo com a Associação Americana de Gravidez. Isso é essencial, pois a bactéria pode causar abortos involuntários, nascimento prematuro e um bebê natimorto.

Mais bactérias que amam linguiças

Uma linguiça apimentada mal passada também pode possuir a bactéria causadora da toxoplasmose. A toxoplasmose pode causar a perda de peso no bebê, nascimento prematuro, icterícia, desenvolver problemas mentais e convulsões, de acordo com a Associação de Gravidez Americana. A salmonela é outra possibilidade nas carnes mal passadas. Ela pode causar dores de estômago, náuseas, vômitos, diarreia, febre e dores musculares. Cozinhar bem a linguiça é o modo mais efetivo de se destruir essas bactérias e proteger você e o bebê.

Ela queima

Uma linguiça apimentada pode causar queimação. Os temperos que dão o gosto apimentado são os culpados por isso. A queimação é muito comum durante o último trimestre de gravidez, quando o bebê e o útero pressionam o estômago, fazendo com que os ácidos voltem para o esôfago. Embora a azia não prejudicará o bebê, ela poderá deixá-la desconfortável. Caso linguiças tendam a lhe dar azia, elimine-a da dieta até o nascimento do bebê. Caso não queira eliminá-la, tente beber leite concomitantemente, recomenda a Associação Americana de Gravidez.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...