Prós e contras do Gatorade

••• Joe Raedle/Getty Images News/Getty Images

Desenvolvido em 1965, o Gatorade foi criado originalmente para combater a desidratação e as cãibras entre os jogadores do time de futebol americano Florida Gators. No entanto, as vantagens e desvantagens do consumo regular da bebida vêm sendo debatidas nos últimos anos.

Apelo

Christopher Polk/Getty Images Entertainment/Getty Images

Para alguns consumidores, os sabores e cores do Gatorade tornam o isotônico mais atrativo do que a água pura.

Eletrólitos

Mario Tama/Getty Images News/Getty Images

Embora a reposição de eletrólitos promovida pelo Gatorade beneficie os atletas que suam profusamente durante 60 minutos ou mais, os indivíduos menos ativos não terão ganhos extra em comparação com a ingestão de água pura.

Adoçantes

O Gatorade contém xarope de milho, que tem sido associado à obesidade e a distúrbios metabólicos.

Malefícios aos dentes

Darren McCollester/Getty Images News/Getty Images

Um estudo realizado pela Universidade de Iowa descobriu que o Gatorade corrói os dentes mais rapidamente do que a Coca-Cola, Coca Diet, Red Bull ou suco integral de maçã.

Ganho de peso

Tim Boyle/Hulton Archive/Getty Images

Beber 600 ml de isotônico diariamente durante um ano poderá levar o indivíduo a ganhar cerca de 5 kg de peso, segundo um relatório da Universidade da Califórnia no Centro de Controle de Peso e Saúde (Center for Weight and Health) Robert C. e Veronica Akins.

Mais recentes

×