Como proteger as ovelhas dos predadores

••• Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

As ovelhas são um alvo fácil para predadores carnívoros, como lobos, coiotes, raposas, cães e ursos. Elas são muito vulneráveis porque a única defesa que têm para se proteger é reunir-se em um grande grupo de ovelhas, por isso, precisam de ajuda humana para se manterem vivas.

Passo 1

Mantenha as ovelhas e os cordeiros longe dos predadores à noite, colocando-os em currais. Caso seja um pastor e não possua qualquer tipo de cerca, durma próximo aos animais à noite.

Passo 2

Instale uma cerca em torno da área de pastagem das ovelhas, a qual deve ser alta, resistente e sem pontos fracos. Algumas cercas elétricas podem ajudar a manter os predadores longe, mas tenha tenha cuidado porque às vezes eles podem cavar por baixo ou encontrar buracos de passagem.

Passo 3

Treine um animal para ser o guardião e cuidar do rebanho, como cães, lhamas e jumentos, os quais podem ser ótimos guardiães, uma vez que permanecem junto das ovelhas e podem deter a aproximação de um predador. Os cães são usados ​​para proteger rebanhos desde os tempos pré-históricos, já as lhamas e os burros têm uma enorme antipatia por cães e são naturalmente agressivos com esses predadores.

Passo 4

Una as ovelhas ao gado, pois estudos mostram que ovelhas e gado formam um conjunto quando pastam juntos, como resultado, o gado pode servir como uma proteção natural às ovelhas.

Passo 5

Atire no predador se necessário. Essa é uma opção controversa, mas na maioria das comunidades a lei é clara nesse caso, ou seja, se um coiote, lobo ou até mesmo o cão do seu vizinho atacarem o rebanho, você tem o direito de proteger suas ovelhas e atirar no animal. Você verá que não tem mais escolha quando o predador avançar sobre o rebanho para se alimentar de suas ovelhas.

Mais recentes

×