×
Loading ...

Quais são as desvantagens da madeira de cedro?

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Várias espécies de árvore diferentes podem ser chamadas de cedro no mercado madeireiro. Elas são os cedros branco e vermelho norte-americanos, na verdade membros da família do cipreste; os cedros-verdadeiros europeus; e o cedro-vermelho australiano. Cada uma dessas madeiras tem uma série de benefícios, incluindo cor atrativa, crescimento rápido e durabilidade. No entanto, nem todas as madeiras de cedro são iguais, e todas vêm com algumas desvantagens.

O cedro é usado frequentemente para decoração externa, mas a maioria das espécies não cai bem (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

Cedro-vermelho ocidental

Uma das madeiras de cedro mais comuns no mercado, o cedro-vermelho ocidental é na verdade um parente próximo do zimbro. Também é chamado de cedro-canoa e cedro-gigante e produz alburno branco e cerne rosa a vermelho-castanho. Tem um cheiro forte e é difícil de se tratar com produtos químicos conservantes. Sua serragem pode causar irritação respiratória e na pele, e os ácidos na madeira podem corroer parafusos de ferro ou aço. O cedro-vermelho ocidental é leve e tende a resistir à decomposição, mas essas características são mais fortes em árvores antigas. A madeira mais jovem pode não ser tão durável.

Loading...

Cedro-vermelho oriental

Esse parente do zimbro cresce na metade oriental da América do Norte e também é chamado de zimbro-vermelho, cedro-aromático e cedro-de-lápis da Virgínia, por seu uso em lápis de madeira. Ele produz madeira similar à do cedro-vermelho ocidental, com cheiro mais leve e resistência similar ao apodrecimento. A casca fina da árvore o torna vulnerável ao fogo enquanto cresce. Também é um hospedeiro para a doença da ferrugem do cedro-maçã. A madeira propriamente dita recebe bem cortes e polimentos, mas pode causar uma leve irritação de pele em pessoas sensíveis.

Cedro-branco oriental

Esse membro da família do cipreste cresce nas partes orientais dos Estados Unidos e do Canadá e tem sido usado tradicionalmente para a construção de barcos e projetos ao ar livre. Ele produz alburno branco estreito e cerne cor de palha. A madeira tende a ser nodosa, com forte cheiro de cedro. Resiste a tratamentos conservantes e é relativamente fraca. Ela é macia, sendo uma escolha ruim para pisos e outros usos de alto desgaste. A madeira de cedro-branco oriental suporta mal parafusos e pregos, tende a quebrar quando dobrada e, assim como os cedros-vermelhos, pode causar irritação de pele em pessoas sensíveis.

Cedro-branco-do-Atlântico

Geralmente usado para barcos, caixotes e outras construções mais brutas, o cedro-branco-do-Atlântico também é chamado de cedro-do-pântano e cipreste-falso. Ele produz alburno branco e cerne marrom-claro a vermelho, de granulação fina e cheiro forte. Resiste fortemente a tratamentos conservantes e é muito macio. O cedro-branco-do-Atlântico tem pouca resistência à flexão e tende a quebrar sob pressão. Além disso, sua compressão não é muito boa.

Cedro-vermelho australiano

Essa madeira também é conhecida por toon, epi, cedro-indiano e simplesmente cedro-vermelho. Nativa da Austrália, sudeste da Ásia e ilhas do Pacífico, é considerada uma madeira exótica nos Estados Unidos, e seu preço vai de acordo com esse fato. Essa árvore produz alburno rosa a amarelo-claro e cerne marrom-avermelhado com listras escuras e granulação lisa a encadeada. Embora não seja ligada aos cedros norte-americanos, tem um cheiro picante parecido. A madeira algumas vezes aceita tratamento conservante, mas pode ser bem imprevisível. O cedro-vermelho australiano pode ter depósitos de resina e crescimento anormal, e a serragem causa irritação de pele em algumas pessoas. Essa madeira é moderadamente macia e tem pouca resistência à compressão paralela à granulação. Ela pode colar instrumentos de corte, cegar lâminas de serrotes e produzir acabamento lanoso quando lixada.

Cedro-espanhol

Também conhecido como cedro-brasileiro, cedro da América Central e cedro-vermelho, essa árvore é nativa das Américas Central e Latina, mas também cresce no sudeste da Ásia e na Oceania. Ela produz alburno pálido e cerne rosa a marrom-escuro com textura áspera. O cerne é bastante resistente a tratamentos conservantes, enquanto o alburno é considerado moderadamente resistente. A madeira é geralmente resinosa e cheia de óleos voláteis, que podem irritar o nariz e a garganta de pessoas sensíveis. Essa madeira relativamente macia é difícil de furar, cega lâminas de serrotes e pode não suportar bem usos de alto desgaste.

Cedro-verdadeiro

Essa árvore da Europa e Oriente Médio também é chamada de cedro-do-Líbano. Ela é citada no Velho Testamento da Bíblia e tem sido historicamente usada para construção e itens decorativos. Não é relacionada a nenhuma das árvores do Novo Mundo conhecidas como "cedro". O cedro-verdadeiro tem alburno branco e cerne marrom-quente, frequentemente com bolsões de casca encravada. A madeira é macia e leve e produz um cheiro forte que se parece com o do incenso. Ela transpira resina quando dobrada a vapor e é macia e frágil. Essa madeira é suscetível a ataques de besouros chatos.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...