×
Loading ...

Quais são os perigos de arraias?

Se já esteve na água do oceano, você mais do que provavelmente viu uma espécie de arraia costeira. As arraias são peixes de fundo que frequentemente habitam águas rasas dos oceanos. Esse habitat costeiro pode causar interferência com banhistas e nadadores. Se uma arraia se sente ameaçada, pode entrar em modo de defesa e atacar o suposto predador. A arraia tem um mecanismo de defesa que pode ser muito perigoso para o ser humano.

As arraias são peixes comuns do oceano que são da mesma família dos tubarões (NA/AbleStock.com/Getty Images)

Pano de fundo sobre a espécie

Existem mais de 600 espécies de raias no mundo. Cerca de 100 espécies dessas raias são arraias. Elas são peixes longos parecidos com panqueca com uma cauda farpada parecida com osso que injeta uma toxina venenosa. Muitas dessas espécies vivem nos oceanos, mas existem espécies que vivem em lagos e rios. As arraias gostam de se enterrar na lama e na areia desses corpos de água.

Loading...

Cauda farpada da arraia

No final da cauda da arraia há um ferrão farpado separado. O ferrão da arraia pode variar em tamanho desde maior e desenvolvido a pequeno e subdesenvolvido. A faixa da coluna vertebral pode chegar a 30 cm de comprimento. Essas caudas longas podem deixar feridas muito profundas e extremamente dilaceradas. O ferrão tende a quebrar depois de um ataque e fica dentro da vítima. A arraia cresce seu ferrão novamente quando ele quebra.

O veneno do ferrão

Além da ferida inicial do ferrão, a espinha farpada também libera veneno na vítima. Ele é liberado quando o tecido glandular é quebrado quando a espinha entra na carne. A dor que resulta depende de onde a toxina entra no corpo. A ferida tende a ficar mais dolorosa depois de um curto período de tempo e depois diminui de intensidade. Feridas em órgãos importantes, grupos musculares e nervos podem ser muito graves, assim como o tratamento inadequado da lesão.

Evitando o confronto

Para evitar ser picado por uma arraia, evite pisar no animal. As arraias tendem a sair do caminho de pessoas andando, mas elas enterram-se sob a areia. Não mergulhe no mar ou pule em águas rasas sem ter certeza de que o fundo esteja visível. Uma vara ou bastão pode ser usado para testar as ameaças. As arraias só atacam se ameaçadas e tendem a deixar os seres humanos em paz.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...