Como remover uma sonda

•••

Existem dois tipos principais de sondas urinárias: a sonda Foley e a sonda vesical de demora. Pacientes ambulatoriais são os responsáveis pelos cuidados com esta última. Cerca de 10% a 15% dos pacientes de hospital possuem uma sonda Foley. Diferenças entre as duas exigem métodos específicos de remoção. No caso da sonda vesical, há dois métodos, já com a sonda Foley, há complicações que médicos de hospitais dão conta. Os passos abaixo explicam os procedimentos de remoção.

Sonda vesical de demora

Passo 1

Localize a porta de insuflagem do lado da sonda e conecte uma pequena seringa.

Passo 2

Retire o fluido com o auxílio da seringa até que não saia mais nada.

Passo 3

Remova a sonda vagarosamente, puxando-a por completo, com cuidado.

Passo 4

Corte a tubulação da porta do balão com uma tesoura cirúrgica como alternativa de remoção. Espere o fluido todo escorrer antes de remover a sonda vagarosamente.

Sonda Foley

Passo 1

Certifique-se de que a sonda está na bexiga.

Passo 2

Corte a porta do balão da válvula de insuflagem para removê-la, deixando o líquido drenar. Caso isso não aconteça, provavelmente há alguma obstrução na entrada do balão ou ao longo da sonda.

Passo 3

Lubrifique um fio-guia fino e passe pelo canal inflamatório. O fluido deve escorrer ao longo do fio.

Passo 4

Passe uma sonda venosa central de bitola 22 sobre o fio-guia caso o fluido ainda não tenha sido drenado. Remova o fio quando a ponta da sonda encostar no balão, então deve ocorrer a drenagem.

Passo 5

Dissolva o balão usando óleo mineral se o fluido ainda não tiver sido drenado. Injete 10 ml do óleo com uma seringa pequena através da porta de insuflagem. Em 15 minutos, o balão deve dissolver.

Passo 6

Injete mais 10 ml de óleo mineral se após os 15 minutos o balão ainda não tiver sido drenado.

Mais recentes

×