Como rezar um rosário para uma pessoa falecida

••• Thomas Northcut/Photodisc/Getty Images

O rosário é uma devoção à Maria, mãe de Jesus de Nazaré, popular entre os católicos. O termo “rosário” refere-se tanto ao conjunto de orações que compõem a devoção, como ao objeto físico, uma linha de contas (terço) utilizada para contar as orações. De acordo com a tradição católica, são Domingos introduziu a devoção em 1214, e o Bem-aventurado Alan deu a forma final ao rosário em 1460. A novena do rosário é uma devoção prolongada, com duração de 54 dias. Quando recitada com intenções para uma pessoa falecida, a pessoa em prece inclui na devoção certas orações especiais para os mortos.

Novena

Passo 1

Recite o rosário durante 54 sessões. A finalidade é realizar seis novenas (nove dias de orações) de forma consecutiva. Existem três padrões comuns na recitação: um rosário (cinco dezenas) por dia durante 54 dias, um rosário “completo” (15 dezenas) diariamente durante 18 dias, ou dez dezenas, uma vez por semana, por 54 semanas. O objetivo é promover a continuidade da oração.

Passo 2

Faça o sinal da cruz e diga: “Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém”. Declare sua intenção neste ponto durante as primeiras 27 recitações (três novenas). Sua intenção é um pedido para o que você busca como, por exemplo, o descanso da alma de uma pessoa falecida. Para expressar a intenção, diga algo como “Querido Senhor, oferecemos este rosário, parte de uma novena do rosário, para a graça/intenção de...”.

Passo 3

Recite a oração do “Credo dos Apóstolos” no Crucifixo. Diga: “Creio em Deus Pai Todo-Poderoso, Criador do céu e da terra. E em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, concebido pelo Espírito Santo e nascido da Virgem Maria. Padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado, e ao terceiro dia ressurgiu dos mortos. Subiu ao céu e está sentado à direita do Pai Todo-Poderoso, de onde há de vir para julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão de pecados, na ressurreição da carne e na vida eterna. Amém”.

Passo 4

Recite a oração “Pai Nosso” na primeira conta. Diga: “Pai Nosso, que estais no Céu, santificado seja o vosso nome. Venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na Terra como no Céu. O pão nosso de cada dia, nos dai hoje, e perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém”.

Passo 5

Recite a oração “Ave Maria” três vezes no grupo seguinte de três contas. Diga: “Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto de vosso ventre, Jesus. Santa Maria, mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte, Amém”.

Passo 6

Recite a oração “Glória” imediatamente após as três ave-marias. Diga: “Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Assim como era no princípio, agora e sempre. Amém".

Passo 7

Recite a oração “Ave Maria” dez vezes, correspondentes ao primeiro grupo de contas. Este grupo de dez orações é chamado uma “dezena”. Você recitará cinco dezenas, 50 ave-marias no total, durante um rosário.

Passo 8

Recite a oração do “Descanso Eterno” imediatamente após cada dezena. Diga: “O descanso eterno concedei a ele, ó Senhor; e que tua luz perpétua o ilumine. Que ele descanse em paz. Amém”.

Passo 9

Recite a oração do “Pai Nosso” nas contas únicas entre as dezenas.

Passo 10

Recite o salmo “De Profundis”, também conhecido como Salmo 130, após recitar as dez dezenas na peça central. A peça central é um ícone, uma imagem de um santo ou uma pessoa sagrada, que permite que as contas formem um círculo. O termo “De Profundis” é um título em latim para o Salmo 130, e é aceitável que o salmo seja lido de um livro de orações ou da Bíblia.

Passo 11

Determine uma fórmula de agradecimento no início das últimas 27 sessões (três novenas). Uma fórmula de agradecimento pode ser “Amado Senhor, oferecemos este rosário, parte de uma novena do rosário, em agradecimento à graça de...”.

Mais recentes

×