A Salmonella morre em altas temperaturas?

O cozimento pode inativar bactérias

Thinkstock/Stockbyte/Getty Images

As bactérias do gênero Salmonella são mortas nas temperaturas em que costumamos cozinhar os alimentos. Além disso, o cozimento também inativa os dois tipos de toxinas produzidos pela Salmonella.

A bactéria Salmonella

Bactérias

Duncan Smith/Photodisc/Getty Images

A espécie Salmonella possui mais de 2.500 sorotipos. Acredita-se que dois tipos, Salmonella enteritidis e Salmonella typhimurium, sejam responsáveis pela maior parte dos casos de intoxicação por esta bactéria em humanos.

Alimentos afetados

Ovos malcozidos podem ser fonte de Salmonella

Aleksandra Duda/iStock/Getty Images

Oitenta por centro das intoxicações causadas por Salmonella Enteritidis têm como origem o consumo de ovos malcozidos. Já a Salmonella Typhimurium pode ser encontrada em carnes, carnes de caça, aves, laticínios não-pasteurizados e, recentemente, em produtos à base de manteiga de amendoim.

Cozimento de ovos

Os ovos devem ser cozidos até que não estejam mais moles

SandraMatic/iStock/Getty Images

Os ovos devem ser cozidos até que não estejam mais moles. A alternativa é substituí-los por ovos pasteurizados.

Cozimento de carnes

A carne precisa ser bem cozida

Creatas Images/Creatas/Getty Images

As carnes e caças devem ser cozidas a uma temperatura interna de ao menos 60ºC. Já as aves precisam ser cozidas com uma temperatura interna mínima de 70ºC.

Higiene

Alguns alimentos devem ser lavados antes da ingestão

Elena Elisseeva/iStock/Getty Images

Ainda que o cozimento mate a bactéria Salmonella, alimentos cozidos e prontos para comer podem vir a serem infectados se entrarem em contato com mãos, utensílios e bancadas contaminados. Portanto, deve-se fazer a higiene após o contato com alimentos de risco.

×