A Salmonella morre em altas temperaturas?

••• Thinkstock/Stockbyte/Getty Images

As bactérias do gênero Salmonella são mortas nas temperaturas em que costumamos cozinhar os alimentos. Além disso, o cozimento também inativa os dois tipos de toxinas produzidos pela Salmonella.

A bactéria Salmonella

Duncan Smith/Photodisc/Getty Images

A espécie Salmonella possui mais de 2.500 sorotipos. Acredita-se que dois tipos, Salmonella enteritidis e Salmonella typhimurium, sejam responsáveis pela maior parte dos casos de intoxicação por esta bactéria em humanos.

Alimentos afetados

Aleksandra Duda/iStock/Getty Images

Oitenta por centro das intoxicações causadas por Salmonella Enteritidis têm como origem o consumo de ovos malcozidos. Já a Salmonella Typhimurium pode ser encontrada em carnes, carnes de caça, aves, laticínios não-pasteurizados e, recentemente, em produtos à base de manteiga de amendoim.

Cozimento de ovos

SandraMatic/iStock/Getty Images

Os ovos devem ser cozidos até que não estejam mais moles. A alternativa é substituí-los por ovos pasteurizados.

Cozimento de carnes

Creatas Images/Creatas/Getty Images

As carnes e caças devem ser cozidas a uma temperatura interna de ao menos 60ºC. Já as aves precisam ser cozidas com uma temperatura interna mínima de 70ºC.

Higiene

Elena Elisseeva/iStock/Getty Images

Ainda que o cozimento mate a bactéria Salmonella, alimentos cozidos e prontos para comer podem vir a serem infectados se entrarem em contato com mãos, utensílios e bancadas contaminados. Portanto, deve-se fazer a higiene após o contato com alimentos de risco.

Mais recentes

×