Como salvar um pinheiro cujas agulhas ficam marrons e caem

••• Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Os sinais de estresse ou doença em pinheiros geralmente passam despercebidos por um tempo. Quando suas agulhas começam a cair, eles sofrem de estresse grave. Isso pode ocorrer por causa das condições ambientais ou de uma doença. De qualquer maneira, a árvore busca conservar seus recursos ao soltar agulhas. A fotossíntese pode ser retardada, impedindo o crescimento. O processo de recuperação de um pinheiro começa com a identificação da origem do problema.

Passo 1

Identifique o tipo de pinheiro. Cada espécie tem suas doenças específicas. Saber a qual espécie ele pertence irá ajudar a eliminar certas causas. Na loja de jardinagem da sua região, poderão auxiliá-lo com a identificação. Você também pode recorrer a guias online.

Passo 2

Descarte causas naturais para o escurecimento e a queda de agulhas. A perda sazonal de agulhas a cada três anos é normal e não é motivo para alarmar-se ou buscar um tratamento para a planta. Esta queda ocorre geralmente no outono.

Passo 3

Examine o ambiente em torno do pinheiro. As agulhas podem ficar marrons e cair como resultado da poluição. O escoamento de óleo do motor, gás e sal pode prejudicar o sistema radicular e contaminar o solo ao redor da árvore.

Passo 4

Coloque adubo ou barreiras ao redor do pinheiro, caso o escoamento seja um problema. Se não for possível eliminá-lo, é possível reduzir seu impacto. Provavelmente, você deverá usar esse método de prevenção ao longo da vida da árvore. À medida que o pinheiro e o solo se recuperarem, o escurecimento e as quedas de agulhas cessarão.

Passo 5

Observe as agulhas para ver se há vestígios de manchas. Preste atenção à cor e à forma de todas as manchas que você detectar. A lupa pode ser útil. Estas características são importantes para a identificação da doença, se houver alguma. Além disso, observe as áreas em que há danos.

Passo 6

Identifique a doença. Algumas podem ser identificadas imediatamente por causa das manchas características que as provocam. A identificação da doença é importante para determinar o melhor curso de ação. Lojas de produtos agrícolas de sua região poderão lhe oferecer assistência.

Passo 7

Faça a poda de ramos e galhos doentes ou danificados. As partes danificadas permitem que as doenças tomem conta do pinheiro. Remova os pedaços cortados de forma adequada, para evitar a reinfecção da árvore.

Passo 8

Remova as ervas daninhas ao redor da árvore para obter um melhor fluxo de ar. As doenças causadas por fungos, como Lophodermium, prosperam em condições úmidas. A remoção de ervas daninhas vai melhorar a circulação e ajudar a secar áreas onde a umidade pode ficar presa.

Passo 9

Remova quaisquer espécies parasitas. Algumas doenças de pinheiros, como a ferrugem branca, requerem um hospedeiro intermediário para completar seu ciclo de vida. As groselheiras são hospedeiras dessa doença. Ao aparar as plantas, mantenha-nas longe dos pinheiros.

Passo 10

Aplique um fungicida aprovado pela Agência de Proteção Ambiental. Em casos de danos severos ao pinheiro, pode ser necessário aplicar um pesticida. O fungicida deve ser utilizado antes da formação de esporos de fungos. Caso contrário, os fungos podem se espalhar para outros pinheiros.

Mais recentes

×