×
Loading ...

Tratamento caseiro para a crosta láctea dos bebês

Crosta láctea é um tipo de dermatite que faz com que a cabecinha do bebê pareça áspera. Essa dermatite não é grave, mas sua aparência impressiona muitas mamães. Normalmente o problema desaparece sozinho, mas há alguns tratamentos caseiros que você pode fazer para eliminar as casquinhas.

A crosta láctea não é grave (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Amoleça as casquinhas

Com uma escova de cabelos para bebês bem molinha, amoleça as cascas na cabeça do bebê. Você pode usar seus dedos ou uma toalhinha se preferir. Amoleça as casquinhas antes de lavar a cabeça do bebê todos os dias, para um bom resultado. Esse problema é mais sério para os pais do que para o bebê. A crosta láctea é chamada de dermatite seborreica infantil e não é contagiosa. Ela pode parecer impressionante no bebê, mas não é motivo para preocupação. Não afeta outras crianças, portanto se notar problemas de pele que pareçam crosta láctea em filhos mais velhos leve-os ao médico para determinar as causas.

Loading...

Lave a cabeça

Após ter amolecido as casquinhas com a escova de cabelo, lave a cabecinha do bebê com um xampu suave para bebês. A crosta láctea é causada por produção excessiva de óleo nos folículos capilares. Lavar o cabelo ajuda a remover o excesso de oleosidade. Não se sabe por que os bebês podem produzir tal excesso, mas em algum momento o problema desaparecerá sozinho. Alguns médicos recomendam xampus especiais e alguns pais optam por usar um xampu para dermatite seborreica de adultos, mas normalmente isso não é necessário.

Suavize

Se a escova, toalha ou os dedos não amolecer as cascas, você poderá usar um pouquinho de óleo para bebês para ajudar a soltá-las. Isso ajudará na hora de removê-las. É muito importante lavar a cabeça da criança após a utilização do óleo. Deixar resíduos pode criar mais oleosidade e piorar o problema. Essas medidas são normalmente suficientes para eliminar os sintomas da crosta láctea. Observe sinais de que a crosta esteja se espalhando para outras áreas do corpo. Se detectar cascas na parte de trás das orelhas ou no pescoço, leve o bebê ao médico para um tratamento.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...