Como utilizar lâmpadas de espectro total à noite?

••• Background with lit lightbulb image by Piter Pkruger from Fotolia.com

As lâmpadas de espectro total -- tanto incandescentes quanto fluorescentes -- emitem um espectro de luz próximo ao da luz solar natural. O termo "espectro" é um pouco confuso, já que diferentes lâmpadas que usam o rótulo podem emitir diferentes espectros de luz. Há muitas reivindicações de benefícios terapêuticos provenientes da iluminação de espectro total; enquanto algumas ainda são debatidas, foi estabelecido que elas são um tratamento eficaz para o transtorno afetivo sazonal. Elas são especialmente úteis para pessoas que permanecem acordadas durante a noite e, portanto, não recebem muita luz solar natural.

Passo 1

Compre lâmpadas de espectro total que se encaixem no abajur ou soquete do local onde você passa o tempo durante a noite. Elas estão disponíveis em ambas as variedades fluorescentes e incandescentes.

Passo 2

Coloque a lâmpada no lugar. Se você tiver apenas uma luminária no quarto, consiga lâmpadas extras para deixar o nível de luz mais próximo ao encontrado em um espaço iluminado naturalmente.

Passo 3

Acenda as luzes e fique no quarto iluminado o máximo de tempo possível.

Passo 4

Monitore o seu nível de exposição. Como a luz de espectro total emite radiação UV, pode ser prejudicial à sua saúde se expor demais a ela. Se você trabalhar no turno da noite e obtiver luz apenas dessas lâmpadas, pode ser uma boa ideia usar um pouco de protetor solar para proteger a sua pele. Contanto que você só use a lâmpada para compensar horas de luz solar faltantes devido ao seu horário de trabalho ou escuridão sazonal, você não será significativamente afetado pela exposição UV.

Passo 5

Abaixe ou desligue as luzes de espectro total ao final da noite. Se você trabalhar nesse turno, isso imitará o escurecimento natural do sol ao final do dia e ajudará os ritmos circadianos do seu corpo a se ajustarem à sua programação.

Mais recentes

×